“Meu partido é o PHD”, diz Gil do Vigor sobre pretensões políticas

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Em entrevista ao jornal O Globo nesta segunda-feira (28), Gil do Vigor, ex-participante do BBB 21, disse não ter, no momento, pretensões políticas e que o seu foco hoje é no PHD que irá fazer na Califórnia. “Se no futuro, o Brasil estiver um pouco diferente, beleza [em se tornar político]. No momento, não tenho desejo nenhum. Para quem vier me chamar, vou dizer: ‘O único partido que vou me filiar é o do meu PhD, lá em Davis. É o meu partido: partindo para lá’. Não surgiu sondagem e, se surgir, a resposta é não”, disse Gil.

Gil disse que sua prioridade são seus estudos – Foto: Divulgação

Gil revelou ainda que está ansioso para começar o seu PHD fora do Brasil, mas explica que sempre teve na cabeça que precisa contribuir com seu país de origem. “Sempre tive na minha cabeça um sentimento de que preciso contribuir com meu país. Não abandono o Brasil. Quero trazer o meu conhecimento para cá. Não vou fugir, meu cérebro não vai fugir, ele vai só passear (risos)”, completa.

Gil do Vigor, desde o início de sua fama, deixou explicito que seu objetivo maior é o PHD, que sempre foi o seu sonho. “O meu PhD é a minha vida, é o que eu amo, é o meu sonho. Eu vou tentar conciliar, mas a minha prioridade são os meus estudos, meu doutorado, meu PhD que eu tô aí regozijado, feliz da vida e ansioso”, afirmou Gil.

Há pouco mais de uma semana, o economista lançou na sua rede social o quadro “O Brasil tá Lascado”. No primeiro episódio, ele falou sobre o negacionismo, a negação de uma realidade em tempos de pandemia e a importância de se combater esse comportamento. O quadro será quinzenal e vai trazer de maneira didática assuntos que interferem na vida de toda a população.  No início do mês de junho, Gil já havia lançado seu primeiro livro “Tem que Vigorar“, que em três horas de pré-venda do volume editado vendeu 5 mil exemplares.

APOIO-SITE-PICPAY

Fernanda De Souza

Graduada em jornalismo pela Centro Universitário Uni-BH, com 7 anos de experiência com Monitoramento de Notícia (Clipping Eletrônico). Atuação na elaboração de análises quantitativas e qualitativas que atende as necessidades da assessoria de comunicação.Vivência com produção e reportagem para revista, na área cultural.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.