Mesmo com passaporte preso pela PF, Marcelo Crivella é indicado para embaixada na África do Sul

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Marcelo Crivella é indicado pelo Presidente Jair Bolsonaro para ser o novo embaixador brasileiro na África do Sul. Mesmo que seja aprovado pelo governo africano e plenário do senado, Crivella ainda não pode assumir o cargo por não está autorizado a sair do Brasil, pois o seu passaporte está confiscado pela justiça desde fevereiro deste ano, quando foi preso.

O ex-prefeito é acusado de corrupção e entregou seu passaporte à PF em fevereiro deste ano – Foto: Reprodução/CNN

O nome do ex-senador e ex-prefeito do Rio de Janeiro-RJ já foi enviado ao governo africano para “agrément” (consentimento de um Estado para que determinado diplomata estrangeiro seja nomeado para função em seu território), sendo o início do processo de aprovação para assumir o posto de embaixador. Mesmo que seu nome seja aceito pela gestão da África do Sul e senado, até o momento, Crivella não pode sair do Brasil devido seu passaporte está confiscado pela Polícia Federal.

O documento foi entregue quando Crivella saiu do regime fechado para prisão domiciliar, por determinação do Ministro do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes, no processo que reponde por corrupção ativa e passiva, lavagem de dinheiro e organização criminosa. A defesa do ex-senador entrou com pedido para liberação do passaporte e suspensão da medida cautelar em 20 de maio e, caso seja aprovada, o passaporte é liberado.

A troca de diplomatas ocorre 7 meses após Sergio Danese assumir posto, em dezembro de 2020. Segundo o Presidente Jair Bolsonaro (sem partido), não tem problema a nova nomeação, pois, como Sérgio está a pouco tempo no país, não vai ocorrer dificuldade na sua realocação. A nomeação do político para o cargo de embaixador não foi vista com bons olhos pelo Itamaraty e a Instituição não se pronunciou diante da indicação, alegando sigilo. Entretanto, Crivella é amigo pessoal do Presidente Bolsonaro e do seu filho, senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ).

APOIO-SITE-PICPAY

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.