Mais uma: estátua de senhor de escravos é removida em Londres após pressão popular

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Londres, agora, conta com menos uma estátua na cidade. A escultura do século XVIII que homenageava o senhor de escravos Robert Milligan foi removida, nesta terça-feira (9), após ferrenha pressão popular. No último domingo (7), a estátua de Edward Colston, antigo traficante de africanos escravizados, foi arrancada e atirado no rio por manifestantes ingleses que participavam de protestos antirracistas.

Leia mais: “Todas as estátuas de homens racistas que fizeram dinheiro vendendo outros seres humanos deveriam ser derrubadas”, afirma Lewis Hamilton

A estátua do senhor de escravos Robert Milligan foi removida nesta terça-feira (Foto: Reuters)

O Canal and River Trust, órgão que possui a tutela de diversos edifícios e monumentos históricos na Inglaterra e no País de Gales, emitiu nota alegando que “reconheceu os desejos da comunidade local”. Mais de três mil pessoas assinaram uma petição para remover o monumento, construído em 1813.

“O Trust está do lado das comunidades contra o racismo. Nós promovemos igualdade, diversidade e inclusão, usando nossos canais fluviais para enriquecer as vidas de todos”, diz a nota.

O prefeito de Londres, Sadiq Khan, apoiou a remoção da estátua. Ele usou o Twitter para se posicionar favorável à ação.

“Embora seja uma triste verdade que grande parte da riqueza de nossa cidade e nação tenha sido derivada do comércio de escravos, isso não precisa ser comemorado em nossos espaços públicos”, escreveu.

APOIO-SITE-PICPAY

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.