Loja Reserva de shopping em Salvador expõe manequim preto quebrando vidraça

APOIE O NOTÍCIA PRETA

A loja Reserva do do Shopping Barra, em Salvador, colocou em sua vitrine um manequim preto quebrando a vidraça. A imagem viralizou e muitas pessoas viram ali uma conotação racista. A imagem foi registrada na última segunda-feira (14) por um funcionário do shopping, que preferiu não se identificar, falou que uma série de pessoas comentava que parecia que o boneco estava arrombando ou invadindo a loja.

Ao Correio*, a administradora Rafaela Santos, 37, disse que a ação foi de mau gosto e muito ofensiva. 

Ela chegou a enviar uma queixa à administração do shopping logo após ver a cena. De acordo com Rafaela, seu incômodo maior foi por lembrar de uma série de casos em que negros foram mortos ou violentados ao serem confundidos com bandidos. 

LEIA TAMBÉM: Reserva lança camisa fazendo ‘piada’ com frase de Martin Luther King

“Faltou um pouco de bom senso antes de colocar aquele tipo de ação. Não sei qual a mensagem que quiseram passar, mas ficou ofensivo. Já é raro ver esses manequins de cor preta e quando vemos é associando a vandalismo? Eu fiquei muito chateada”, contou.

Esta não é a primeira vez que a marca é acusada de racismo. Em 2016, a grife carioca colocou manequins negros de cabeça para baixo na vitrine, com os pés amarrados por cordas. A campanha foi montada no Shopping Rio Sul, no Rio de Janeiro, e considerada ofensiva pelo público.

APOIO-SITE-PICPAY

1 Comment

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.