Livraria especializada em obras de mulheres negras lança clube de assinantes

APOIE O NOTÍCIA PRETA

A Livraria Africanidades é uma das pioneiras no segmento e foi criada quando a empreendedora Ketty Valencio sentiu a necessidade de organizar o acervo e de promover encontros. De acordo com Ketty, ela resolveu investir em seu próprio negócio e conta um viés inédito: o protagonismo das mulheres negras na literatura mundial. O acervo conta com obras de autoras como Alice Walker, Angela Davis, Jarid Arraes, Maria Firmino, Noémia de Sousa, entre outras. Ainda segundo a empresária, a livraria tem como intuito fazer um recorte que preza pela inclusão de autores independentes, pouco conhecidos e/ou acessados. “A livraria possui estantes como feminismo, ficção, não ficção, poesia, religião, nacionais, ciências sociais, entre outras, mas tudo voltado à cultura negra”, afirmou Valencio. 

Ketty Valencio é idealizadora da Livraria – Foto: Arquivo Pessoal

Assinantes

Pensando em manter uma clientela fiel, a Africanidades lançou um clube de assinantes que receberão, trimestralmente, um kit com uma temática. O primeiro kit, lançado em novembro, terá o tema Resistência Negra e a curadora escolhida para esta primeira edição é a escritora Jarid Arraes. Porém, o livro sempre será surpresa. “Nosso clube tem a intenção de ser uma ferramenta de estímulo à leitura por meio do protagonismo de pessoas negras e principalmente da valorização das narrativas realizadas pelas mulheres negras. Somos uma vanguarda cultural e queremos presentear nossos leitores com o que há de melhor e mais exclusivo na literatura, bem como no setor de afro-empreendedorismo. Trazemos a literatura protagonizada somente por mulheres, desde sua concepção até mesmo o design, a programação, a curadoria, a autoria e a gestão”, contou Ketty Valencio 

Curadoras escolhidas

Conforme explica Ketty Valencio, a escolha das curadoras se deu a partir da vivência de cada uma delas – todas mulheres negras nesta primeira etapa – e da ligação que elas possuem com os temas propostos.

Jarid Arraes – Escritora cearense é a curadora do primeiro kit – Foto: Divulgação

O primeiro livro será escolhido por Jarid Arraes. Jarid é nascida em Juazeiro do Norte(CE). Escritora, cordelista, poeta e autora dos livros “Redemoinho em dia quente”, “Um buraco com meu nome”, “As lendas de Dandara” e “Heroínas Negras Brasileiras em 15 cordéis”, além de mais de 70 títulos publicados em literatura de cordel. É curadora do selo literário Ferina. Atualmente vive em São Paulo, onde criou o Clube da Escrita para Mulheres.

As outras curadoras são a poeta Ryane Leão, a jornalista Bianca Santana e a escritora e jornalista Esmeralda Ribeiro.

APOIO-SITE-PICPAY

Igor Rocha

Igor Rocha é jornalista, nascido e criado no Cantinho do Céu, com ampla experiência em assessoria de comunicação e escritor nas horas vagas. Editor e coordenador regional do Notícia Preta

11 Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.