“Lima: Um Curinga entre Reis”, jogador que fez história no Santos, ganhará biografia

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Será lançado o no próximo dia 14 o livro “Lima: Um Curinga entre Reis”, dedicado ao ex-jogador Lima, um dos maiores atletas da história do Santos. O lançamento da obra escrita por Fernando Ribeiro e Vinícius Cabral, pesquisadores e jornalistas, será no Memorial das Conquistas, dentro da Vila Belmiro, em Santos (SP).

Lateral, zagueiro, meio-campista e atacante, Lima só não jogou no Santos na posição de goleiro. O fato fez ele ganhar o apelido de Curinga tamanha sua versatilidade nos 18 anos de carreira como jogador.

“Foram muitos anos dedicados ao futebol, especialmente ao Santos. Vivi muitos momentos marcantes como títulos, uma participação em Copa do Mundo, inúmeras amizades e muito mais. Ver tudo isso transformado em livro é motivo de muito orgulho”, afirmou Lima, que completará 80 anos no próximo dia 18.

Por 10 anos Lima vestiu a camisa alvinegra e com ela conquistou diversos títulos: Paulista, Brasileiro, Libertadores, Mundial, Recopa Mundial, além de dezenas de outras taças ao redor do planeta.

Lima, um dos jogadores mais versáteis da história do futebol brasileiro. / Reprodução Facebook Santos

LEIA TAMBÉM: Após 53 anos, Aída dos Santos, única brasileira em Tóquio em 1964, recebe seu uniforme olímpico

Lima fez parte da era de ouro da história do Santos e atuou ao lado de outros imortais como Pelé, Pepe, Coutinho, Zito, Gylmar, entre tantos outros, que formaram o maior time de todos os tempos. Mas a carreira do Curinga não se resumiu ao Peixe. O livro conta toda sua trajetória, que começou no Juventus e também passou por Fluminense, Portuguesa Santista, além de experiências no futebol do México e dos Estados Unidos. Lima também conseguiu destaque na Seleção Brasileira e foi um dos únicos que se salvou na Copa do Mundo de 1966.

A obra publicada pela Editora Corner também aborda a vida pessoal de Lima com relatos dos filhos Denys e Marcel, além de Vera, sua companheira há décadas. Lima também se destacou no futebol fora das quatro linhas e fez parte da formação de grandes craques santistas como Neymar, por exemplo.

Ele voltou ao Santos nos anos 2000. Na época, Marcelo Teixeira convidou o Zito que montou uma equipe e o Lima estava nela. Desde 2000 o clube vem revelando muitos craques, talvez seja o período em que mais revelou no cenário internacional. Robinho, Neymar, Ganso, Rodrygo… todos esses jogadores que surgiram na base passaram pelas mãos do Lima. Até por isso o nome do livro é curinga entre reis, jogou com o Pelé, foi companheiro de quarto com ele, e também está entre os reis no fim de sua carreira, quando era técnico na base. É uma homenagem em vida. Ele merece. Nossa expectativa é que os leitores gostem”, conta Fernando Ribeiro.

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.