Jovem preso após comprar pão é solto mas terá que cumprir medidas cautelares

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Após ficar preso por dois dias e ser libertado pela Justiça, o jovem Yago Corrêa de Souza,
de 21 anos, morador do Jacarezinho, Zona Norte do Rio, ainda terá que cumprir medidas cautelares até que seu caso seja julgado em definitivo.

O rapaz, que trabalha com a irmã vendendo doces, foi preso depois sair de uma padaria na comunidade. Em um dos vídeos, feito na padaria, às 19h34m, Yago aparece de bermuda jeans e camisa do Flamengo comprando pão. O vídeo mostra a atendente servindo ao menos sete pães a Yago, que pega o pedido e caminha em direção à porta do estabelecimento. Ao deixar a padaria, o rapaz foi preso por suspeita de associação ao tráfico de drogas. Ele foi levado para a delegacia sem provas, apenas com o saco de pão na mão.

Entre as medidas cautelares que o jovem precisará cumprir nos próximos meses estão a proibição de sair da cidade sem autorização da Justiça e a obrigação de comparecer no tribunal mensalmente.

O juiz Antônio Luiz da Fonseca Lucchese, durante a audiência de custódia, entendeu não haver provas suficientes para manter Yago preso. No entanto, ele ainda responderá ao processo.

Yago tem 21 anos

LEIA TAMBÉM: Homem acusado de triplo assassinato é inocentado após ficar 40 anos preso

Esses foram os piores dias da minha vida. Isso aqui é um inferno. Eu só quero justiça. Eu pensei que iria ficar aqui dentro. Passei fome.

disse Yago após deixar a Cadeia Pública José Frederico Marques, em Benfica.

O advogado de Yago disse que a família ainda está muito assustada.

Yago é um jovem negro que está acostumado a passar por incursões da polícia, mas não a passar por um cárcere desses, uma masmorra dessas. Peço a vocês que deixem o menino respirar.advogado

disse o advogado Vivaldo Lúcio da Silva Neto

APOIO-SITE-PICPAY

3 Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.