Governo Grego expulsou e lançou ao mar 1.072 refugiados, segundo jornal estadunidense

APOIE O NOTÍCIA PRETA

De acordo com as autoridades gregas, não houve expulsões

Pessoas à deriva em alto-mar na fronteira entre Grécia e Turquia. Foto: AFP

O jornal americano The New York Times denunciou uma grave violação dos direitos humanos pelo governo grego. Segundo a reportagem, a Grécia expulsou do país e deixou à deriva no mar mais de 1.070 refugiados. O NYT afirma que ao menos três entidades, dois pesquisadores e a Guarda Costeira turca verificaram as expulsões. Há também relatos de sobreviventes, que afirmam terem sido embarcados em botes. 

De acordo com as autoridades gregas, não houve expulsões e o país tem “um histórico comprovado de cumprimento do direito internacional, convenções e protocolos, incluindo o tratamento de refugiados e migrantes”. Já o The New York Times afirma que foram feitas ao menos 31 expulsões ilegais, segundo o direito internacional, todas feitas por agentes oficiais do Governo “mascarados”.

A reportagem do NYT acusa a Grécia de realizar a “medida mais dura” de bloquear a migração marítima, desde 2015. Neste período, a Grécia era a principal via de acesso para migrantes que tentavam recomeçar a vida na Europa.

APOIO-SITE-PICPAY

Jersey Simon

Jornalista, especialista em Comunicação estratégica, empreendedor. Na luta por um Reino de Justiça e paz.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.