Flávio Bolsonaro se posiciona a favor do isolamento social para evitar CPI

APOIE O NOTÍCIA PRETA

O senador do Rio de Janeiro Flávio Bolsonaro (Republicanos – RJ), filho mais velho do presidente Jair Bolsonaro, crítico do isolamento social, reclamou, nesta terça-feira (27) que a Comissão Parlamentar de Inquérito, CPI, proposta pelo ministro do Supremo Tribunal Federal Luís Roberto Barroso, irá gerar aglomerações.

Desde o inicio da pandemia o senador Flávio Bolsonaro por diversas vezes se posicionou contra a única medida de contágio do Corona Vírus, o isolamento social, em suas redes sociais, dizendo que a medida não surte efeito algum na pandemia, e só enfraquece a economia do país. Além de posicionamentos contrários ao isolamento social nas redes sociais, Flávio Bolsonaro também foi destaque na mídia no mês de abril de 2021 ao viajar para o Ceará a passeio, em plena pandemia.

Após o anúncio do inicio da CPI que irá investigar a atuação do governo federal frente a pandemia e o envio de verbas federais para estados e municípios, o senador, mudou seu posicionamento, colocando-se a favor do isolamento social para conter o contágio do covid-19 entre senadores, assessores e funcionários do senado, tendo em vista que para o funcionamento da Comissão Parlamentar de Inquérito em algum momento serão necessárias sessões presenciais, Flávio chegou a pedir para que a CPI entre em funcionamento apenas quando todos os senadores estiverem imunizados contra o novo Corona Vírus

O argumento do filho de Bolsonaro foi rebatido com deboche pelo senador Renan Calheiros (MDB-AL), escolhido para ser o relator da CPI da Covid-19.

APOIO-SITE-PICPAY

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.