Enem 2021 tem 26% de abstenção, segundo Inep

APOIE O NOTÍCIA PRETA

O domingo (21), primeiro dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021, teve 26% de abstenção dos inscritos, de acordo com informações do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Rozana Barroso é presidente da Ubes – Foto: Arquivo pessoal

O presidente do Inep, Danilo Dupas, disse que o número é semelhante ao de anos anteriores e lembrou que a pandemia ainda não acabou. “São dados próximos ao histórico do Enem, em termos de ausentes. Em 2019, foi de 22,9%; em 2018, de 24,7% ; e em 2017, de 30,1%”, afirmou.

No Enem deste ano foi registrado o menor número de negros e indígenas inscritos, desde 2007. Em 2020, eram aproximadamente 2,7 milhões de estudantes, mas neste ano foram 1,3 milhão inscritos – uma redução de 51,7%, Sindicato das Mantenedoras de Ensino Superior (Semesp).

Para a presidente da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes), Rozana Barroso, que realizou a prova, o Enem deste ano foi “esvaziado” e o número de negros e negras foi baixo. “Na minha sala eram apenas quatro estudantes negros, contando comigo. Esse número reflete a falta de projeto de educação do governo e do Ministério da Educação, que colocaram entraves para a participação dos estudantes mais pobres, nem possibilitaram condições para estudar na pandemia. Nós sabemos quem são os mais atingidos com essa falta de políticas”, avalia.

APOIO-SITE-PICPAY

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.