Corpo do policial sequestrado por traficantes é encontrado em São Paulo

APOIE O NOTÍCIA PRETA

A Polícia Civil  confirmou neste domingo (6) que corpo enterrado na comunidade de Heliópolis é de Leandro Martins Patrocínio, soldado da Polícia Militar. O policial foi visto pela última vez no dia 29 de maio, quando câmeras de segurança o gravaram saindo da Estação Sacomã do Metrô em direção à comunidade. Leandro estava à paisana, sem uniforme.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública de São Paulo, o corpo foi encontrado em um terreno em uma avenida perto da comunidade de Heliópolis. O relógio de Leandro foi encontrado —e reconhecido por familiares— em um sobrado ao lado de uma casa noturna da comunidade. No imóvel havia uma corrente de ferro e manchas de sangue em um colchão. Também foram apreendidos no local materiais usados para armazenar drogas.

policial sequestrado
policial sequestrado em 29 de maio

De acordo com a investigação, Leandro teria sido sequestrado, torturado e morto por criminosos após ter sido identificado como policial pelos bandidos num baile funk dentro de Heliópolis. A causa da morte também não havia sido informada, pois depende do resultado do laudo necroscópico, que está sendo feito pelo Instituto Médico Legal (IML) da Polícia Técnico-Científica.

Além das imagens das câmeras de segurança que indicavam que Leandro saiu do Metrô Sacomã e foi a Heliópolis, a Polícia Civil conseguiu rastrear o celular do soldado, e o último registro do seu telefone apontava uma ligação do endereço onde o corpo foi encontrado no terreno da comunidade.

Fonte: G1

APOIO-SITE-PICPAY

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.