Caso George Floyd: novas imagens mostram momentos antes do asfixiamento

APOIE O NOTÍCIA PRETA

O caso que ficou conhecido pela brutalidade policial, motivando uma gigantesca onda de protestos antirracistas ao redor do mundo, ganha novos elementos. O site britânico “Daily Mail” divulgou imagens que mostram mais momentos da abordagem policial que culminou com a morte de George Floyd, nos Estados Unidos, em maio

Os detalhes do início até quase o final trágico foram capturados pelas câmeras corporais de dois policiais que participaram da abordagem, Thomas Lane e Alex Kueng. Segundo as imagens, eles teriam sido os primeiros a chegar ao local para atender à denúncia de que Floyd teria usado uma nota falsa de US$ 20 para pagar uma conta.

Acompanhe toda a cobertura do caso George Floyd

Antes de ser asfixiado sob o joelho do policial Derek Chauvin e repetir por 20 vezes a frase: “eu não consigo respirar”, Floyd foi levado até o carro da polícia. Ele resiste à tentativa dos policiais colocá-lo dentro do veículo. Um dos policiais diz a ele: “Pare de cair”. As imagens ficam mais violentas quando Floyd tenta sair do carro, após dizer “por favor” aos aos policiais, explicando que é “claustrofóbico”. Ele cai para fora do automóvel e os policiais tentam contê-lo. 

A Polícia está investigando o vazamento dos vídeos, que são sigilosos. As imagens da câmera acoplada ao corpo do assassino de Floyd, o policial Derek Chauvin, permanece sob a proteção da justiça. Todos os policiais envolvidos no assassinato foram demitidos, e Chauvin até agora foi o único preso por homicídio culposo. 

Segundo a CNN americana, os advogados dos policiais Tou Thao e Thomas Lane vão pedir pelo arquivamento  caso e Alexander Kueng vai se declarar inocente no julgamento.

APOIO-SITE-PICPAY

Jersey Simon

Jornalista, especialista em Comunicação estratégica, empreendedor. Na luta por um Reino de Justiça e paz.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.