Banco Afro lança ‘Liberto’ uma nova opção para empresas e colaboradores na flexibilidade dos benefícios

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Com a possibilidade de otimizar o tempo e reduzir custos dentro de cada realidade brasileira, o LIBERTO BENEFÍCIOS apresenta soluções adequadas às atualizações da Lei do PAT

A modificação no Programa de Alimentação do Trabalhador (PAT), ocorrida em novembro de 2021, trouxe um desafio empresarial quanto as novas regras e adequações a serem feitas pelas corporações no que diz respeito aos benefícios para os colaboradores – em vigor desde 10 de dezembro de 2021. O Banco Afro, posicionado no mercado como uma Fintech de impacto social, através da Liberto Benefícios, fortalece a autonomia dos trabalhadores ao atender a nova lei.

O PAT é um programa governamental que oferece para as empresas que aderem a ele, benefícios e incentivos fiscais como a redução do imposto de renda e a isenção de encargos sociais. Em contrapartida, as empresas que optarem por participar do PAT devem cuidar da nutrição de seus colaboradores. Para o RH, o que se torna necessário é algo que promova uma gestão simplificada dos benefícios e também agrade aos colaboradores. Foi pensando nessas questões que o Banco Afro criou a Liberto Benefícios.

LIBERTO é a primeira e única carteira onde o colaborador pode utilizá-la em mais de 348 milhões de chaves disponíveis em estabelecimentos que aceitam PIX, QR Code, Cartão Virtual, Cartão de Crédito Físico além de uso direto no IFOOD e Uber, por exemplo. Nele, há a possibilidade dos próprios trabalhadores escolherem e administrarem os proventos para fazerem as movimentações de seus pacotes de benefícios (alimentação, transporte, auxílio creche, vale cultura e etc) de modo que melhor se adeque à sua realidade. Assim, cada funcionário tem um espaço “customizado”, sem a necessidade do uso de um cartão físico para efetuar pagamentos.

LEIA TAMBÉM: Banco Afro cria espaço virtual para estimular a economia de pequenos empreendedores

Já as empresas podem optar por deixar o auxílio livre ou restrito para uso nos estabelecimentos. Além de toda a facilidade da plataforma, o sistema é simples, gratuito, transparente e centraliza os benefícios oferecidos pela empresa em um único lugar, o que fortalece a confiança e facilita a administração. Para fazer a contratação do Liberto, basta cadastrar a empresa e seus colaboradores na plataforma. Após a validação dos dados informados, que leva aproximadamente 8 minutos, o Liberto já está pronto para uso, uma vez que não depende de um cartão físico para utilização.

Algumas regras, referente ao arranjo aberto, interoperabilidade, condições específicas sobre contratos vigentes e portabilidade entrarão em vigor em outro momento, mas já devem ser analisadas. Dentre as principais novidades em relação a alimentação do trabalhador são: O uso dos cartões não é restrito a uma única rede fechada de estabelecimentos; A empresa que contratar o fornecedor do benefício, não pode receber descontos no valor contratado como benefícios ou verbas e a portabilidade gratuita do serviço de pagamento de alimentação oferecido pela empresa, caso seja solicitada pelo trabalhador.  

O Banco Afro foi criado para suprir uma deficiência do mercado, sentida pelos empreendedores, em oferecer soluções financeiras com produtos e serviços que atendessem às necessidades e que trouxessem aproximação com as pessoas pretas, pardas e refugiadas. A atualização da lei do PAT mostra que o Banco Afro está à frente no mercado uma vez que, mesmo com a atualização, seus serviços já chegam ao mercado 100% adequados para utilização ganhando assim mais peso e valor dentro da cadeia de monetização. O Banco Afro se coloca no lugar do público e, por entender que a maioria não é bancarizada e que muita gente sequer tem acesso à tecnologia, usa da empatia para oferecer facilidades e as menores tarifas possíveis.

APOIO-SITE-PICPAY

1 Comment

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.