Banco Afro desenvolve voucher que permite uso de aplicativos sem necessidade de cartão

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Buscando servir acessibilidade e inclusão, nova funcionalidade traz aos seus clientes mais simplicidade, facilidade e economia na utilização de serviços digitais, sem a necessidade de cartões

Para uma Fintech de impacto social, a acessibilidade além de ser um direito em todos os tipos de serviço, inclusive os digitais, precisa ser fácil e econômica para atender as mais variadas camadas da sociedade. E, entendendo que uma grande parcela da população não tem acesso aos aplicativos como Ifood, Uber, Spotify e Netflix por não possuírem cartão de crédito, o Banco Afro disponibilizou o serviço de pagamento através da conta digital para ser utilizado nesses serviços.

Pelo sistema, disponível no aplicativo do Banco Afro, mesmo sem a utilização de cartões, de crédito ou de débito, os clientes podem solicitar comida pelo Ifood, utilizar o serviço de transporte da Uber e até mesmo finalizar a assinatura da Netflix com mais economia e sem dificuldades a quem não está familiarizado com a navegação no digital.

LEIA TAMBÉM: Banco Afro lança produto que traz mais liberdade e autonomia aos trabalhadores

Para utilizar, o cliente faz a recarga com o próprio valor em conta, efetua a compra do serviço, começa a utilizar em alguns instantes e sem necessidade de fatura no próximo mês, oferecendo assim, mais possibilidade de controle ao valor utilizado em cada um dos aplicativos. E, como se trata de recargas, com o serviço oferecido pelo banco Afro também é possível presentear amigos ou alguém especial.

O Banco Afro foi criado para suprir uma deficiência do mercado, sentida pelos empreendedores, em oferecer soluções financeiras com produtos e serviços que atendessem às necessidades e que trouxessem aproximação com as pessoas pretas, pardas e refugiadas. Ao se posicionar como uma fintech de impacto social e não apenas como um banco em sua tradicionalidade, entende-se que o resultado gerado tem mais peso e valor dentro da cadeia de monetização. O Banco Afro se coloca no lugar do público e, por entender que a maioria não é bancarizada e que muita gente sequer tem acesso à tecnologia, usa da empatia para oferecer facilidades e as menores tarifas possíveis.

Clique aqui para entender melhor como funcionam as recargas na conta digital.

APOIO-SITE-PICPAY

1 Comment

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.