Argentina nomeia sua primeira embaixadora negra da história da diplomacia do país

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Maria Fernanda Silva, ligada ao peronismo, é católica e entrou para a carreira diplomática há cerca de 30 anos

O governo argentino escolheu a diplomata Maria Fernanda Silva como a nova embaixadora do país no Vaticano. Com a nomeação, ela se torna a primeira mulher negra a ocupar o cargo.

Maria Fernanda Silva é a primeira negra na história da diplomacia Argentina – Foto: Divulgação

Caso o Vaticano aceite a indicação, esta será a primeira vez que a diplomata ocupa um posto de embaixadora no exterior. Maria Fernanda já passou pela embaixada que pode vir a comandar, mas ocupando outros postos.

Segundo o jornal argentino ‘Página 12’ a decisão foi tomada pelo presidente da Argentina, Alberto Fernández, pouco tempo antes de desembarcar em Roma para encontrar o papa Francisco.  

A embaixadora é católica e entrou para a carreira diplomática há cerca de 30 anos. Foi uma das diplomatas que acompanhou a embaixadora política Alicia Castro em Caracas, durante os governos Kirchner (2003-2015). Maria Fernanda também passou pelas embaixadas de Quito e pela atualmente enfraquecida União de Nações Sul-americanas (Unasul).


APOIO-SITE-PICPAY

1 Comment

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.