Após expor áudios racistas em evento, Ludmila se pronuncia

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Durante sua apresentação da sua nova música, Rainha da Favela, no Prêmio Multishow, na última quarta-feira (11), a cantora Ludmilla expôs alguns áudios com ataques racistas que tem sofrido.

Ludmilla durante a apresentação do single Rainha da Favela – Foto: Divulgação

De acordo com ela, a ideia era justamente mostrar às pessoas o que acontece frequentemente com pessoas negras e, mesmo ela sendo artista, não é isenta do racismo. “É muito complicado você ter que se afirmar toda hora, você ter que provar toda hora que merece estar ali. E chegou uma hora que eu não quis mais provar que eu merecia estar ali, sabe. Eu só faço e eu estou ali porque eu sou isso, eu não tenho mais nada que provar para essas pessoas”, desabafou. 

Ludmila ressaltou ainda que os bastidores do mundo artístico é um espaço amplo e que muitas situações não vêm à tona. “Eu quis deixar aqueles áudios para o Brasil inteiro saber o que eu passo, o que eu enfrento. E, às vezes, algumas pessoas não entendem algumas atitudes minhas. Mas é tipo só a pontinha do iceberg de tudo o que acontece comigo nos bastidores”, afirmou. 

A cantora ressaltou ainda que a sua atitude é um ato de resistência contra algumas pessoas que tentam tirá-la de cena. “Estar ali performando, fazendo tudo aquilo e mostrando a minha música também é uma forma de mostrar para eles que eu não vou parar de jeito nenhum. Não importa o que eles falarem, o que eles disserem. Ninguém pode me parar. Só Deus pode me parar, e ele me botou aqui. Eu vou continuar fazendo isso, levando alegria para as pessoas e cantando a minha música”, disse. 

Clipe na favela

Ludmila disse também que foi questionada por gravar o clipe da música Rainha da Favela em uma comunidade, sendo que ela não mora mais em uma e rebateu. “Só porque nasceu pobre, você tem que morrer pobre? Você não pode vencer na vida? Você não pode ter o seu jato, você não pode ter um diamante, você não pode ter um carrão? Aí você vê ali, mais uma vez, o preconceito escrachado”, finalizou. 

APOIO-SITE-PICPAY

Igor Rocha

Igor Rocha é jornalista, nascido e criado no Cantinho do Céu, com ampla experiência em assessoria de comunicação e escritor nas horas vagas. Editor e coordenador regional do Notícia Preta

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.