Advogada lança edital para obra coletiva ‘Direito Penal dos Silenciados’

APOIE O NOTÍCIA PRETA

A advogada criminalista Sara Carvalho Matanzaz lança o edital de chamamento público que vai reunir obras de outros advogados que englobe a temática Direito Penal dos Silenciados. O prazo final para o envio dos trabalhos é dia 20 de março. 

A obra vai reunir textos de diversos autores – Foto: Sumit Mathur/Pexels

O objetivo da obra coletiva é abordar as diversas formas de violências, segregação e discurso de ódio contra grupos minoritários e historicamente silenciados. Sara ressalta ainda que o atual contexto tem acirrado os discursos de ódio e práticas segregatórias. “Direito Penal dos Silenciados, tem o intuito de compilar o debate acerca das respostas político-criminais para temas como as práticas racistas, violência contra mulher, crianças e adolescentes, idosos, deficientes; xenofóbicas, misóginas, homofóbicas, dentre outras dinâmicas excludentes”, afirma a organizadora da obra

Leia também: Fundador da CUFA lança fundo para acelerar negócios criados em comunidades

Sara revelou ainda que não existe nenhuma obra no Brasil que aborde, de forma ampla, as políticas públicas para esses grupos. “Estudando sobre as diferentes formas de violência e segregação contra as minorias me chamou a atenção o fato de no Brasil não haver nenhuma obra que aborde, de forma interdisciplinar, as políticas criminais de proteção a grupos vulnerabilizados”, comenta.

“O que percebi foi a existência de diversos estudos, jurídicos, criminológicos, antropológicos, históricos, abordando diferentes facetas desta segregação. Mas nenhuma obra que compile os estudos de violência de gênero, etária, racial, homofobia, discurso de ódio e segregação no geral”, completa. 

Ainda de acordo com Sara, o objetivo é unir estes trabalhos em um só livro, para que aqueles que busquem informações sobre o tema possam encontrar de forma unificada. “Além disto, reunindo autores de diferentes áreas favorecemos o debate e unimos forças para a análise e efetivo combate desses silenciamentos”, conclui

Para mais informações sobre o edital e como realizar o envio dos trabalho, acesse o perfil do Justa Medida no Instagram, que foi criado exclusivamente para atender os interessados. 

APOIO-SITE-PICPAY

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.