Zagueiro do Chelsea é vítima de racismo em partida contra Tottenham

APOIE O NOTÍCIA PRETA

O zagueiro Alemão Rudiger, do Chelsea, foi alvo de ofensas racistas por parte de torcedores do Tottenham, na partida realizada no último domingo (22). 

Rudiger informou os atos racistas ao técnico Frank Lampard e a partida foi interrompida pelo árbitro – Foto: Reuters

Aos 31 minutos do segundo tempo, a partida foi paralisada após o técnico dos Blues, Frank Lampard, avisar o árbitro os atos racistas. O árbitro seguiu o protocolo da Fifa para casos de racismo e os alto-falantes do estádio foram acionados. Segundo Lampard, o árbitro interrompeu a partida assim que conversaram. “Eu avisei o juiz imediatamente ele [Rudiger] me avisar e deixei ele fazer o trabalho dele. Estamos preocupados e atentos a este comportamento e precisamos parar com isso. Agora eu espero que tudo se resolva e isso seja erradicado o quanto antes. É um problema da vida e não só do futebol”, declarou o técnico do Chelsea após a partida, em entrevista coletiva. 

Em nota, o Tottenham informou que abriu uma investigação para identificar e punir os responsáveis pelos atos preconceituosos contra Rudiger e, além disso, um torcedor foi responsável por arremessar um copo de água em direção ao goleiro Kepa. Ainda de acordo com a nota, os culpados serão responsabilizados.

APOIO-SITE-PICPAY

Igor Rocha

Igor Rocha é jornalista, nascido e criado no Cantinho do Céu, com ampla experiência em assessoria de comunicação e escritor nas horas vagas. Editor e coordenador regional do Notícia Preta

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.