“Uma noite em Miami”, o encontro imaginário de quatro ícones negros dos anos 60, chega à Amazon Prime

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Cotado para ao Oscar, o filme “Uma noite em Miami’ traz quatro ícones afro-americanos em um relato fictício sobre os problemas da sociedade nos anos 1960 e como seus status poderiam ajudar a população afrodescendente do país. Os personagens da trama que marca a estreia de Regina King (Watchmen) na direção de um longa para o streaming são: o ativista Malcolm X (Kingsley Ben-Adir), o pugilista Cassius Clay (Eli Goree), o cantor Sam Cooke (Leslie Odom Jr.) e o jogador de futebol americano Jim Brown (Aldis Hodge).

Adquirido pela Amazon Studios, o filme foi lançado em poucos cinemas em dezembro e vai estreou mundialmente na última sexta-feira (15) no streaming Prime Video.

Com sua estreia no Festival de Veneza em 2020, o drama se tornou o primeiro filme dirigido por uma mulher afro-americana a entrar no festival. Este filme pode levar mais um Oscar para Regina King que já levou a estatueta por ‘Se a Rua Beale Falasse‘ como Melhor Atriz Coadjuvante, além do Emmy como Melhor Atriz por ‘Watchmen‘.

Caso seja indicada ao prêmio master do cinema mundial na categoria Melhor Direção, Regina King poderá ser a primeira mulher negra a concorrer nessa categoria. Além disso, os quatro protagonistas também estão cotados para alguma indicação.

Regina vê o filme como uma carta de amor aos homens negros, conforme declarou durante a campanha de divulgação do longa. O ator Aldis Hodge concorda com a diretora: “Claro! [A declaração de Regina] É o que eu amo nesse filme. Quando se trata de homens negros, muitas vezes somos vilipendiados por quem somos e como nós nos relacionamos com empatia, compreensão e intelecto. frequentemente removida por nossa identidade e removida de nossa masculinidade“, disse o ator em entrevista exclusiva ao ‘Notícias da TV’, da UOL.

Assista o trailer completo:

APOIO-SITE-PICPAY

Thais Bernardes

Formada em jornalismo pelo Institut français de Presse-Université Panthéon-Assas, em Paris e com especialização em audiovisual pelo Institut Pratique de Journalisme (IPJ), também na França, Thais Bernardes é jornalista, assessora de imprensa e idealizadora do portal Notícia Preta, um site de jornalismo colaborativo. Antes de concluir seus estudos na Europa, Thais cursou Relações Públicas na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), onde ingressou através do sistema de cotas. Após atuar como produtora no canal de TV France 2, em Paris, foi repórter no Jornal Extra, na rádio BandNewsFM e coordenadora de Comunicação da Secretaria de Estado de Direitos Humanos do Rio. Em novembro de 2018 a jornalista decidiu criar o portal Notícia Preta como forma de combater, através do jornalismo, o racismo e as desigualdades sociais.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.