Seminário debate intolerância com religiões de matrizes africanas

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Por Mariana Maiara

Na última sexta feira (24), o terreiro Ilê Omolu Oxum, comandado por Mãe Meninazinha de Oxum, em São João de Meriti, no RJ, promoveu a Oficina RENAFRO Saúde: Intolerância Religiosa como Determinante Social da Saúde do Povo de Terreiro e o Seminário Respeite a Nossa Fé.

O evento mobilizou a comunidade religiosa para debater a respeito do racismo e da intolerância religiosa crescentes nos últimos anos, sobretudo, na região da Baixada Fluminense.

Dr. Hédio Silva, Meninazinha de Oxum e Babá Dyda de Yemanjá, Coordenador Nacional da RENAFRO. Foto: Mariana Maiara

A programação contou com a exibição do filme “A Luta Sagrada de Filó Filho”, do Acervo Cultne, em homenagem a Mãe Stella de Oxossi e Makota Valdina,  apresentação e lançamento do livro “O Tradição dos Orixás”, com o Teólogo Jayro Pereira e o Cientista Social Luís Cláudio, e o Seminário Respeite a nossa Fé – A conquista do Abate Religioso, com o Dr. Hédio Silva, advogado das religiões Afro-brasileiras no STF, e a matriarca Meninazinha de Oxum.

O evento também contou com a importante participação do Frei Tatá e dos coordenadores nacionais da Rede Nacional de Religiões Afro-Brasileiras e Saúde (RENAFRO) Mãe Nilce de Iansã e  Babá Dyda de Yemanjá.

O encerramento das atividades foi marcado pela apresentação do Afoxé Afroxum e o Festival de Acarajé.

Site Renafro: https://renafrosaudecom.wordpress.com/

Instagram Ilê Omolu Oxum: @ileomoluoxum

APOIO-SITE-PICPAY

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.