“Qual é o problema agora que a energia vai ficar um pouco mais cara porque choveu menos?”, questiona Paulo Guedes

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Durante o lançamento do projeto Frente Parlamentar do Empreendedorismo, na Câmara dos Deputados em Brasília na última quarta-feira (25), o ministro da Economia, Paulo Guedes, questionou “qual é o problema agora que a energia vai ficar um pouco mais cara porque choveu menos?”. Além disso, o ministro disse ainda que a alta [na energia] vai causar perturbação, porém o Brasil conseguirá passar por ela.

Ministro Paulo Guedes – Foto: Sérgio Lima/PODER 360

A fala de Paulo Guedes vem em um momento que ocorrem altas consecutivas no preço da energia, devido a falta de chuva nas usinas hidrelétricas brasileiras. Guedes diz que o Brasil atravessou a crise sanitária anteriormente e vai passar por essa também. “Se ano passado que era um caos, nos organizamos e atravessamos, por que vamos ter medo agora?”. O país enfrenta a pior escassez de chuva dos últimos 91 anos e, de acordo com o ministro, “vamos ter que enfrentar o problema do choque hídrico, isso vai causar perturbação, empurra inflação um pouquinho pra cima, Banco Central tem que correr um pouco mais atrás da inflação, mas nós vamos enfrentar essa crise”, concluiu Guedes.

Leia também: Taxa de desemprego atinge 14,8 milhões de brasileiros e é considerada recorde

O aumento no valor na conta de energia se junta ao crescimento da taxa de desemprego de 14,7%, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Pesquisa (IBGE). Ainda segundo o Instituto, os números são recorde de desemprego, com 14,8 milhões de pessoas sem trabalho de carteira assinada, no primeiro trimestre de 2021. Em junho deste ano, o índice de vendas do comércio ficou abaixo de 0%, fechando em -1,7%, e, atualmente, de acordo com o Movimento Black Money, 51% dos empreendedores são negros.

O Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE) realizou o levantamento mensal do preço médio da cesta básica e, em julho de 2021, ficou em R$551,49, na cidade de Florianópolis (SC), que lidera a lista com o preço de R$645,38.

APOIO-SITE-PICPAY

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.