Polícia Civil prende 33 pessoas no inquérito dos meninos de Belford Roxo

APOIE O NOTÍCIA PRETA

A Polícia Civil do Rio de Janeiro (PC-RJ) prendeu, nesta quinta-feira (9) 33 pessoas em uma operação na comunidade do Castelar, em Belford Roxo (RJ), ligadas ao desaparecimento dos garotos Lucas Matheus, Alexandre da Silva e Fernando Henrique, em dezembro de 2020.

Última aparição dos três meninos – Foto: reprodução

Ao todo, a PC cumpre mandado de prisão de 56 pessoas para encerrar o inquérito da morte e desaparecimento das três crianças. Segundo informações da PC, na manhã desta quinta-feira foram realizados cinco dos mandados de prisão pelo triplo homicídio com ocultação de cadáver das crianças. Os outros são por associação para o tráfico.

“Quem matou os meninos da Baixada foram os traficantes da favela Castelar. Desde o início, a gente tinha essa linha como mais forte, mas também a gente tinha outras linhas que, durante a investigação, foram sendo descartadas”, explicou o secretário de Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro, Allan Turnowski, em entrevista ao G1. 

Leia também: MP encontra filmagem dos três meninos desaparecidos em Belford Roxo

Ainda de acordo com a corporação, durante todo o inquérito, 70 pessoas foram presas, em 11 meses de investigação. No dia 27 de dezembro de 2020, Lucas Matheus, de 9 anos, e Alexandre Silva, 11, e Fernando Henrique, 12, foram vistos pela última vez na Feira de Areia Branca, na cidade da Região Metropolitana do Rio de Janeiro. 

APOIO-SITE-PICPAY

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.