Musical “Vozes Negras – A força do canto feminino” estreia hoje

APOIE O NOTÍCIA PRETA

O espetáculo musical “Vozes Negras – A força do canto feminino” estreia nesta quinta-feira (19) no Teatro Prudential, no Rio de Janeiro. O espetáculo que possui 6 fases, exaltará em cada uma duas cantoras e compositoras negras na história da música brasileira, além de levantar pautas do feminismo negro.

Foto: Divulgação

A cada semana de quinta a domingo dos dias 19 de maio a 26 de junho, o musical terá partições especiais, entre os nomes estão Djamila Ribeiro, Conceição Evaristo, Jurema Werneck e Flávia Oliveira. A primeira apresentação exaltará a Era do Rádio e terá como artistas homenageadas, as cantoras Carmen Costa e Elizeth Cardoso. 

Segundo a sinopse de “Vozes Negras – A força do canto feminino”, elas se destacaram em um período onde padrões e europeus eram as referências. “As duas nasceram no mesmo ano de 1920. Ambas eram de origem humilde, e com talento e determinação, superaram as barreiras do preconceito e escreveram seus nomes na história sem negar suas raízes. Foram pioneiras ao levar a nossa canção pelo mundo afora, alcançando o mais alto degrau da glória. No repertório musical, grandes sucessos de Carmen e Elizeth”.

Cada um dos seis espetáculos também contará, em uma das sessões, com cantoras convidadas. Sandra de Sá vai estar na sessão de homenagem a Alcione & Elza Soares com o nome “Samba ao Jazz, sem limites”. Já a artista baiana Urias, faz participação especial na apresentação chamada de “Novas Gerações”, tendo o tema de Tati Quebra Barraco & Iza.

Leia também: Chris Rock pode apresentar Oscar em 2023

Margareth Menezes estará na apresentação que tem como tema a própria cantora soteropolitana e Sandra de Sá, a exibição foi nomeada de “Do Soul ao Afropop”. E Áurea Martins foi convidada para fazer parte da sessão “Samba, Terreiro e Ancestralidade”, em homenagem a Clementina de Jesus e Dona Ivone Lara. 

Somente a compositora Alaíde, vai estar nas 4 sessões em agraciamento a ela e Dolores Duran, que foi batizada de “Samba-canção e Bossa nova”. Todos os espetáculos da série funcionam de forma independente. Não sendo necessário assistir de forma cronológica.

APOIO-SITE-PICPAY

1 Comment

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.