Milionário aos 23 anos, jovem de São Gonçalo quer investir em projetos voltados para a juventude negra e periférica

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Nascido em São Gonçalo, região metropolitana do Rio de Janeiro, Guto sempre teve um sonho: ter condições financeiras para mudar sua vida e a das pessoas. O que ele talvez não imaginasse é que aos 23 anos já seria milionário. Hoje, empresário e investidor, o jovem quer ir além e fomentar  ações que mudem concretamente o futuro de meninos e meninas de favelas e periferia.

Morando hoje em Florianópolis, onde tem seus negócios, Guto opera em bolsas internacionais, opções binárias, Forex e criptomoedas. Ele começou a investir ainda na adolescência, quando morava na casa dos pais: “Era fim de 2013, comecei pelo jogo uol invest, que era uma plataforma simulada da bolsa brasileira. Eles te davam 100 mil reais se não me engano, para você simular seus investimentos e ver o que conseguiria fazer se fosse real. Depois disso, com algumas economias eu comecei na bolsa de fato”, conta.

Filho de dois promotores de venda e sem conhecer muitas pessoas ricas, mas sabendo que queria ser uma delas, Guto tinha como referência dois homens, o Tio Phill, interpretado por James Avery no filme ‘Um Maluco no Pedaço’, e um professor de economia na faculdade: “Quando comecei neste segmento, meu objetivo inicial era ser tão bem sucedido quanto meu professor de economia, que tinha uma vasta experiência de investimentos, e era com certeza a pessoa mais rica que eu conhecia. Quando eu era criança, minha  maior referência era o tio Phill e alguns jogadores, atores e cantores negros -parece que só no entretenimento”, diz. 

Ao ganhar seu primeiro milhão, Guto agiu com estratégia: “Investi mais, até o ano de 2020, eu não mudei muito o padrão de vida, nem de bens, pois o objetivo era ir muito além”. E conseguiu mudar a vida de todos em sua casa: “Hoje a minha família está muito mais educada financeiramente, todos investem, e isso pra mim é uma realização muito grande. Que possibilita a realização de sonhos, como casa, carro, etc… Mesmo sabendo que casa e carro não são os melhores investimentos, mas sonhos não são investimentos. São realizações”.

Agora, o jovem que nasceu em São Gonçalo quer realizar os sonhos de outros jovens negros e periféricos: “Eu já tento fazer isso de diversas formas, trazendo conteúdo acessível sobre investimentos. Entre outras coisas, que não divulgo, mas que com certeza é importante. Tenho um projeto para 2021, que vai englobar bastante os jovens que me seguem, com foco nos carentes. Em breve vou falar mais sobre isso”, comenta.

Quando eu era mais novo tive diversas ideias que não se concretizaram por falta de dinheiro, expertise ou oportunidades no geral. Tenho como sonho maior da minha vida, abrir uma empresa de investimento anjo. Com objetivo de não desperdiçar talentos de jovens, que poderiam ser grandes inventores, inovadores e empresários, e não tem a oportunidade, assim como eu em parte da minha juventude”, revela.

Guto acredita que somente através do acesso à educação que a realidade de muitos meninos e meninas podem mudar no Brasil: “A vida é 7 vezes mais difícil pra você. Então, trabalhe 7 vezes mais, não é justo eu sei, mas é o que temos. Precisamos mudar nossa vida para que as próximas gerações de filhos nossos, não passem por isso. Existe um livro chamado: “Quem pensa enriquece.”, que só o título dele já vale o preço do livro. Estude, estude muito, vá a bibliotecas públicas, tudo que você ler ou ouvir que não souber o que é o assunto, vá ao google, e estude até que tenha conhecimento para poder ensinar para seus pais e seus irmãos, isso vai te levar a ter mais conhecimento, expandindo sua capacidade de pensar.  Quem pensa enriquece”. 

Em suas redes sociais, Guto ensina a investir de maneira muito fácil e didática. As dicas do jovem milionário são seguidas por milhares de pessoas que se inspiram nele para também mudarem de vida.

APOIO-SITE-PICPAY

Thais Bernardes

Formada em jornalismo pelo Institut français de Presse-Université Panthéon-Assas, em Paris e com especialização em audiovisual pelo Institut Pratique de Journalisme (IPJ), também na França, Thais Bernardes é jornalista, assessora de imprensa e idealizadora do portal Notícia Preta, um site de jornalismo colaborativo. Antes de concluir seus estudos na Europa, Thais cursou Relações Públicas na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), onde ingressou através do sistema de cotas. Após atuar como produtora no canal de TV France 2, em Paris, foi repórter no Jornal Extra, na rádio BandNewsFM e coordenadora de Comunicação da Secretaria de Estado de Direitos Humanos do Rio. Em novembro de 2018 a jornalista decidiu criar o portal Notícia Preta como forma de combater, através do jornalismo, o racismo e as desigualdades sociais.

2 Comments

  • Eu vi um pouco de sua história na Reportagem da Rede record e fiquei muito feliz em saber que vc começou do nada,vc é um vencedor, oodemos manter contato?

  • Parabéns vou conseguir um dia .

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.