Menina de 12 anos é vítima de racismo durante consulta em UPA em SP

Após ofender com frases racistas uma menina de 12 anos, uma médica da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Central de Santos, no litoral de São Paulo, foi demitida. O caso aconteceu, na última terça-feira (26). Segundo a mãe da criança a médica disse à criança: “Cuide dos seus dentes porque mulata tem isso de bom”.

A mãe da menina, a gerente comercial Michele Lima, de 36 anos, disse em entrevista ao portal G1 que a médica já tinha se referido aos pacientes que reclamavam da demora de atendimento como ‘galinhada’.

De acordo com a mãe da menina, médica fez comentário racista durante atendimento a sua filha em Santos, SP — Foto: Arquivo pessoal

No consultório a médica perguntou o que a menina tinha e não a examinou. A mãe da criança disse ter levado a filha ao hospital devido a feridas que ela sentia na boca. “Enquanto ela escrevia o nome da minha filha na ficha, ela chamou o pessoal que estava lá fora reclamando de ‘galinhada’. Eu falei, são pessoas e não galinhada, e ela disse que para ela parecia um monte de galinhas”, relatou Michele ao Portal G1.

A mãe afirma que a filha foi vítima de racismo, além de alegar um péssimo atendimento.

A Fundação do ABC, responsável pela administração da UPA, informa que esse foi apenas o segundo plantão da médica citada pela reportagem. A profissional foi chamada pela coordenação da UPA para prestar esclarecimentos sobre a demanda encaminhada pelo G1 e informou que os fatos não ocorreram conforme narrado pela paciente.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: