Mc Negão da BL acusa o ex-empresário de hackear seu canal do YouTube

APOIE O NOTÍCIA PRETA
Negão da BL e sua mãe, Gisele, criaram outro canal e gravaram um vídeo explicando a situação – Foto: Divulgação

Famoso por seus vídeos com a família, Matheus Bento, conhecido como Mc Negão da BL perdeu o acesso ao seu antigo canal do YouTube que tinha mais de 2,5 milhões de seguidores. Segundo o funkeiro, DJ Luan, amigo e ex-empresário, é o autor do “golpe”, como ele disse. 

“O cara que eu mais confiava deu golpe no meu canal do #YouTube. Maior vontade de jogar ele fora, mas entreguei nas mãos de Deus pq ele é o melhor justiceiro. Eu trabalho em prol da minha da minha família. Olha eu com a minha coroa #tenhalealdade”, publicou o artista.

O artista revelou que o DJ sempre ficava com 50% dos lucros do canal pelo fato de ter criado o canal utilizado pelo Mc. Negão da BL disse que não tinha conhecimento técnico e equipamentos para utilizar a plataforma e que não sabe quanto o DJ arrecadou, uma vez que ele nunca recebeu nenhum extrado bancário, comprovando os pagamentos. Ainda de acordo com o cantor, da sua parte, foram recebidos cerca de R$ 400 mil. 

O MC recebeu vários apoios durante esta terça-feira (10) – Foto: Reprodução Internet

Em seu perfil no Instagram, no entanto, DJ Luan disse que tudo não passa de “boato”. “Tenho consciência limpa, sem motivo algum para me importar com coisas que sei que não fiz”, escreveu. 

O fato foi um dos mais comentados no Twitter nesta terça-feira (10) e vários artistas e celebridades se manifestaram, apoiando o MC. A página Rapmais, que veicula artistas de rap e funk, lamentou o fato e classificou como covardia. “Muito triste com a covardia que fizeram com o Negāo da BL e sua mãe”, escreveu. 

Mc Negão da BL e sua mãe, Gisele, gravaram um vídeo emocionados, logo após criarem um novo canal no YouTube, desta vez sob o comando dos dois. 

APOIO-SITE-PICPAY

Igor Rocha

Igor Rocha é jornalista, nascido e criado no Cantinho do Céu, com ampla experiência em assessoria de comunicação e escritor nas horas vagas. Editor e coordenador regional do Notícia Preta

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.