Letitia Wright diz que ainda ‘está de luto’ e não consegue pensar em ‘Pantera Negra 2’

APOIE O NOTÍCIA PRETA

A estreia de ‘Pantera Negra 2’ estava marcada para maio de 2022, conforme anunciou o presidente da Marvel Studios, Kevin Feige, em agosto do ano passado. O elenco do filme, entretanto, sente que ainda não é o momento de retornar para Wakanda. Os atores não superaram a morte do ator, diretor e roteirista Chadwick Boseman, que após uma batalha de quatro anos contra o câncer de cólon, não resistiu e faleceu.

Nós ainda estamos processando o nosso luto por Chad, então não é algo em que eu quero pensar neste momento. A ideia de fazer ‘Pantera Negra 2’ sem ele parece estranha. Estamos lidando com o nosso pesar, tentando achar uma luz no meio da escuridão“, disse a atriz Letitia Wright, a Shuri de “Pantera Negra”, em entrevista à revista Porter.

“Pantera Negra”, lançado em 2018, foi um fenômeno de bilheteria e crítica, arrecadando mais de US$ 1,3 bilhão ao redor do mundo e vencendo três Oscar a partir de sete indicações (incluindo para melhor filme).

A morte do protaginista, que lutava secretamente contra o câncer, e as mudanças no calendário da Marvel por causa do coronavírus, alteraram a data de lançamento da continuação do filme.

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Thais Bernardes

Formada em jornalismo pelo Institut français de Presse-Université Panthéon-Assas, em Paris e pelo Institut Pratique de Journalisme (IPJ), também na França, Thais Bernardes é jornalista, fundadora e CEO do portal Notícia Preta e podcaster do Canal Futura. Antes de concluir seus estudos na Europa, Thais cursou Relações Públicas na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), onde ingressou através do sistema de cotas. Após atuar como produtora no canal de TV France 2, em Paris, foi repórter no Jornal Extra, na rádio BandNewsFM e coordenadora de Comunicação da Secretaria de Estado de Direitos Humanos do Rio. Em novembro de 2018 a jornalista decidiu criar o portal Notícia Preta como forma de combater, através do jornalismo, o racismo e as desigualdades sociais.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.