Justiça determina que Unimed pague indenização de R$ 39 mil a ex-funcionário vítima de racismo, em BH

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Ataques aconteceram entre 2017 e 2018, enquanto o homem ainda trabalhava para o Plano. Funcionários o chamavam de ‘Vera Verão’ de forma ofensiva.

A Justiça do Trabalho determinou que a empresa de planos de saúde Unimed pague uma indenização por danos morais no valor de R$ 39 mil a funcionário. Decisão não cabe recurso, já que houve acordo entre as partes envolvidas.

De acordo com a vítima, o ex-funcionário Bruno Souza Oliveira, de 40 anos, colegas e gestores o chamavam constantemente de “Vera Verão”, personagem gay e negro criado por Jorge Lafond, uma figura importante para o movimento LGBTQI+. Contudo, no ambiente, o homem recebia o apelido de forma pejorativa.

“Até montagem fizeram com foto minha em um grupo corporativo da empresa. Zombavam do meu cabelo que sempre usei raspado. Até em grandes reuniões, com pessoas que eu nem conhecia, de fora da empresa, as piadas continuavam. Eles falavam que era brincadeira, mas de brincadeira, não tinha nada”, informou Bruno.

Em entrevista ao G1, o homem relatou que decidiu tomar alguma atitude quando informou que não gostava do apelido. Mas, não foi apoiado. “Quando uma das pessoas que me zoavam virou chefe e me demitiu, eu senti que precisava fazer algo. A gestora disse ainda que eu ia me queimar no mercado se fizesse alguma coisa. Saí de lá e fiz um boletim de ocorrência contra as pessoas e pouco tempo depois acionei a Justiça, ” compartilhou.

Durante a sentença, o juiz tratou o caso como racismo e apontou que o ‘racismo recreativo’ é uma má prática objetiva. “De certa forma a justiça foi feita e foi bom para eles perceberem que não estavam fazendo certo, que estas ‘brincadeiras’ não podem acontecer, que ferem o outro, as pessoas precisam de respeito, independentemente da cor da pele e orientação sexual”, contou Bruno

Em nota, a Unimed informou que “repudia qualquer atitude ou ação que demonstre preconceito de raça ou gênero dentro de seus estabelecimentos”.

APOIO-SITE-PICPAY

Gabriella Reis

Jornalista, escritora e web-redatora. "Se ninguém te escuta, escreva!"

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.