EUA: Jovem negro é morto após policiais ‘confundirem’ cigarro eletrônico com arma

5cdda8ef30b49b725ecd6df99729bb81a8b447ef.jpg

Donovan Lewis, um jovem negro de 20 anos, foi morto pela polícia de Ohio, nos EUA, após policiais ‘confundirem’ um cigarro eletrônico com uma arma. Os agentes entraram no imóvel durante uma ação para prender o rapaz que possuía mandados de prisão em aberto por agressão, violência doméstica e porte de armas. As câmeras no uniforme dos policiais registraram toda a situação.

A gravação mostra que três agentes e um cachorro entraram na residência do rapaz. Eles bateram na porta do apartamento algumas vezes, dois homens saíram e foram alegados. Depois, eles encontraram Donovan dentro de um quarto.

jovem negro
Donovan Lewis, jovem negro morto

Nesse momento um policial pediu para que ele levantasse as mãos. Em questão de segundos, o rapaz foi atingido por disparos no abdômen. Mesmo assim, Donovan foi algemado e levado para fora do apartamento. Depois, os policiais perceberam que um cigarro eletrônico estava em uma das suas mãos.

LEIA TAMBÉM: EUA: Homem deve ser indenizado em R$ 502 milhões por ficar paralítico após abordagem policial

Na sequência Donovan foi levado para o Ohio Health Grant Medical Center, mas não resistiu aos ferimentos.

Elaine Bryant, chefe da polícia de Columbus, informou que um dos policiais da ação foi colocado de licença. Ela afirmou que a corporação deseja “total transparência nas investigações”.

1 Reply to “EUA: Jovem negro é morto após policiais ‘confundirem’ cigarro eletrônico com arma”

  1. Luiz+Francisco disse:

    Realmente Triste Em Dizer Que Mas Uma Vez. Acontece Esse Episódio. Polícia Erra Mas Uma Vez. Em Confundi Um Cigarro Eletrônico Com Arma De Fogo. Esperamos Que Isso Seja Solucionado Da Melhor Forma Possível. Que a Justiça Seja Feita.

Deixe uma resposta

scroll to top
%d blogueiros gostam disto: