Jornalista Aline Midlej é vítima de notícia falsa

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Figura conhecida do público no canal Globonews, a jornalista Aline Midlej foi alvo de notícia falsa. Num print que circulou nas redes sociais e em grupos de mensagens indicava que ela teria dito o seguinte: “a pessoa morreu [de Covid-19] com as três doses, mas se ela não tivesse tomado nenhuma seria pior”. Em nota, a TV Globo desmentiu imediatamente o fato.

Foto: Reprodução- redes sociais

“Aline Midlej não mencionou a frase atribuída a ela. A TV Globo nega que tal declaração tenha sido proferida. A declaração não é encontrada em nenhum vídeo da Globo News e da TV Globo. Uma busca pela íntegra apontada na mensagem falsa em motores de busca não revela resultado que aponte tal conteúdo. Também não é possível encontrar a alegação nas redes sociais verificadas de Midlej”, afirmou o comunicado da emissora. 

Leia também: Aline Midlej entra no rodízio de apresentadores do Jornal Nacional

Vale lembrar que recentemente algumas das principais fake news difundidas por integrantes de movimentos antivacina alegavam que crianças que tomassem a vacina contra a covid-19 teriam efeitos colaterais graves. No entanto, todos os estudos têm  provado o contrário.

Sobre Aline Midlej

Começou a carreira como produtora de pautas na Record TV e depois passou pela Band, onde atual como repórter. Na emissora chegou a apresentar o “Jornal da Band” e “Café com Jornal”. Em 2016, foi contratada pelo Grupo Globo, inicialmente para um projeto da GloboNews na edição das 10h. Aline cobriu o terremoto do Haiti e ganhou prêmios de reportagens, entre eles o prestigiado Vladimir Herzog, em 2007, com uma série sobre mulheres que transformam a vida de outras mulheres. Ela também recebeu o Prêmio Esso, em 2010, com uma matéria sobre o trabalho de médicos que realizavam cirurgias em áreas remotas da Amazônia. Atualmente, além de âncora o “Jornal das Dez”, ela também apresenta o “Jornal Nacional” nos rodízios da TV Globo.

APOIO-SITE-PICPAY

Wellington Andrade

Jornalista formado pela FACHA (Faculdades Integradas Hélio Alonso) e pedagogo pela UERJ. Atualmente escreve para o Portal Notícia Preta e atua no segmento de assessoria de imprensa em parceria com a agência Angel Comunicação. Possui passagens por diferentes veículos como repórter, produtor e apurador, dentre eles TVs Record, SBT e Rede Vida de Televisão, além das rádios Bicuda FM, Nativa FM, Tupi AM e FM, Revista Ziriguidum Nota 10 e no portal especializado em Carnaval SRZD, do jornalista Sidney Rezende. Instagram: @reporterwellingtonandrade

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.