Homem é preso após sequestrar mulher e obrigá-la a assistir série sobre racismo

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Um homem foi preso por sequestro na última segunda-feira (17), na cidade de Cedar Rapids, em Iowa, Estados Unidos. O motivo do rapto foi forçar uma mulher a assistir a uma série que fala sobre racismo.

Robert Lee Note manteve uma mulher e sua filha dentro da própria casa – Foto: Reprodução Internet

De acordo com o jornal The Gazette, a polícia recebeu uma denúncia de pessoas que estavam ouvindo muitos gritos vindos de uma casa na vizinhança. Chegando ao endereço, os agentes encontraram Robert Lee Noye, de 52 anos, que mantinha uma mulher de 37 anos e a filha de 12 anos chorando dentro da casa.
A mulher, que teve sua identidade mantida em sigilo, contou à polícia que Robert sequestrou as duas e as forçou a assistir a nove horas de Raízes, minissérie exibida em 1977 nos Estados Unidos, que conta a história da família de Kunta Kinte, escravizado no século XVIII. A série foi bastante aclamada e ganhou 37 Emmys.

Robert contou à polícia que sequestrou a mulher porque “assim ela poderia entender melhor seu racismo”. Ele foi levado para o presídio Linn County.

APOIO-SITE-PICPAY

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.