Funcionária denuncia turista francês racista, em Aracaju: “Lá vai a macaca ligar para o macaco-chefe”

APOIE O NOTÍCIA PRETA

O homem foi liberado após o pagamento de fiança

Turismo; Racismo; Sergipe; Aracaju; Noticia Preta
Turismo; Racismo; Sergipe; Aracaju; Noticia Preta

“Lá vai a macaca ligar para o macaco-chefe” teria dito o hóspede francês à recepcionista de um hostel, na Orla da Atalaia, Zona Sul de Aracaju, na última sexta feira (10). O caso, que acabou na Polícia, teria começado após uma discussão com um atendente. 

Segundo a Secretaria de Segurança Pública de Sergipe (SSP/SE), o turista francês, Jean de Vilardi, havia solicitado a prorrogação de permanência no estabelecimento, porém não havia quartos disponíveis e aí teria começado o desentendimento. O atendente chamou a recepcionista que, pelo estado de humor do homem, acionou o proprietário. Neste momento, o turista disse a ela a seguinte frase: “Lá vai a macaca ligar para o macaco-chefe”. 

A vítima, o agressor e hóspedes que presenciaram a discussão foram encaminhados para o Departamento de Atendimento a Grupo Vulneráveis (DAGV). O turista negou as acusações e foi liberado após o pagamento fiança no valor de R$ 1 mil. 

APOIO-SITE-PICPAY

Gabriella Reis

Jornalista, escritora e web-redatora. "Se ninguém te escuta, escreva!"

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.