Florianópolis terá Novembro Negro

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Em alusão ao mês da Consciência Negra, Florianópolis terá um mês inteiro voltado para as atividades relacionadas às pessoas negras. Serão palestras, mesas redondas e mostras para toda comunidade. Na próxima quinta feira (31), será lançada uma programação especial dedicada ao combate ao racismo, no palácio Cruz e Souza, no Centro da cidade.

Palácio Cruz e Souza será sede do lançamento da programação – Foto: Márcio H. Martins / FCC

Durante todo o mês, serão oferecidas palestras, mesas redondas e mostras com o objetivo de conscientizar a população sobre a importância da inclusão e combate a violência contra a população negra.

Índices no Estado

Santa Catarina teve uma das maiores variações percentuais em feminicídios, segundo o Atlas da Violência. De acordo com a pesquisa, entre 2007 e 2017, houve um aumento de 283% nos casos de violência contra mulheres negras. Por outro lado, os registros de feminicídios de mulheres não negras chegou a 43% no mesmo período. 

Em todo o estado, a violência contra a população negra, de um modo geral, tem aumentado. Entre os anos de 2007 e 2017, segundo o Atlas da Violência, o aumento de homicídios contra a população negra chegou a 187%, enquanto que o percentual geral no Brasil ficou em 62%. 

Zumbi dos Palamares – Foto: Divulgação

Consciência Negra

20 de novembro é considerado o Dia da Consciência Negra em todo o país e foi instituído oficialmente em novembro de 2011, fazendo referência ao dia da morte de Zumbi dos Palmares, líder do Quilombo dos Palmares. Zumbi foi morto em 1695 por bandeirantes, liderados por Domingos Jorge Velho.  

APOIO-SITE-PICPAY

Igor Rocha

Igor Rocha é jornalista, nascido e criado no Cantinho do Céu, com ampla experiência em assessoria de comunicação e escritor nas horas vagas. Editor e coordenador regional do Notícia Preta

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.