Festival Visões Periféricas chega à 15ª edição

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Entre os dias 15 e 21 de fevereiro será realizada 15ª edição do Festival Visões Periféricas, que exibirá 48 filmes, de curta, média e longa-metragens, de forma virtual e presencial. A idealização do festival é de Marcio Blanco e a curadoria é de Kamilla Medeiros, Rosa Miranda, Lukas Nascimento e Marco Antônio.

Cena do filme Terras que libertam, que será exibido no Festival – Foto: Divulgação

Além das Mostras, o festival realiza o Visões Lab, que consiste num laboratório de desenvolvimento de projetos de longas de ficção que irão receber uma mentoria nas áreas de roteiro, direção e produção executiva. Os projetos dos participantes, selecionados em 2021 passarão por uma rodada de pitching com players do mercado ao final do projeto. Os projetos vencedores receberão prêmios em dinheiro e prestação de serviço.

Leia também: Grupo Rosas Periféricas apresenta o espetáculo infantil Ladeira das crianças TeatroFunk

“O Visões tem o mérito de ter sido o primeiro festival no Brasil a assumir a missão de revelar uma geração de jovens realizadores com origem nas periferias brasileiras. O conceito de periferia no festival é abrangente, incluindo filmes de realizadores de comunidades quilombolas, aldeias indígenas, favelas, negros e mulheres. Além disso, estamos sempre discutindo a periferia a partir dos filmes, selecionando aqueles que trazem um olhar inovador e esteticamente potente”, afirma o idealizador do festival e um dos curadores, Marcio Blanco.

A edição de 2022 será realizada de forma híbrida, exibindo o festival presencialmente no Museu de Arte Moderna (MAM), Cine Teatro Eduardo Coutinho (Biblioteca Parque Manguinhos) e CineCarioca Nova Brasília. Além da exibição presencial, todas as sessões da mostra competitiva serão exibidas no site do festival de forma simultânea e ficarão disponíveis on-line por 24 horas.

APOIO-SITE-PICPAY

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.