Férias de Bolsonaro na virada do ano custaram R$ 900 mil aos cofres públicos, diz jornal 

APOIE O NOTÍCIA PRETA

De acordo com o jornal “O Globo”, que obteve os dados pela Lei de Acesso à Informação, novecentos mil reais é quanto custou a viagem de férias do presidente Jair Bolsonaro a Santa Catarina na virada do ano. O presidente chegou à cidade litorânea de São Francisco do Sul na tarde do dia 27 de dezembro e ficou lá até a madrugada do dia 3 de janeiro, quando precisou antecipar o fim das férias e ir para São Paulo tratar uma obstrução intestinal,  causada pela alimentação na praia. No dia 4 de janeiro, ele voltou para Brasília.

Foto: Agência Brasil

Durante seus dias no litoral catarinense, o presidente apareceu em público em algumas ocasiões: ele andou de jet-ski no mar, foi a uma lotérica apostar na mega-sena e fez manobras em um carro no parque Beto Carrero. O período da viagem do presidente coincidiu com os dias de fortes temporais na Bahia, que causaram destruição e mortes em várias cidades do estado. O presidente foi criticado por não ter interrompido o descanso para sobrevoar as áreas atingidas. 

Leia também: Católicos reprovam governo Bolsonaro, diz pesquisa 

Situações que podem comprometer a popularidade do presidente Jair Bolsonaro em ano eleitoral. Uma recente pesquisa do PoderData mostra que entre os eleitores católicos, considerando aqueles que frequentam a Igreja Católica, 61% consideram “ruim” ou “péssimo” o governo do Presidente Jair Bolsonaro. Somente 23% desses eleitores consideram o governo “bom” ou “ótimo”. O levantamento foi realizado de 13 a 15 de fevereiro de 2022. Já entre o eleitorado evangélico, a avaliação de Bolsonaro é melhor que a dos que católicos, porém ela piorou em relação à pesquisa realizada em agosto de 2021. 

A mesma pesquisa também apontou que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) segue na liderança para a disputa eleitoral deste ano com 40% das intenções de voto, à frente do presidente Jair Bolsonaro (PL), que ficou com 31%. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. 

APOIO-SITE-PICPAY

Wellington Andrade

Jornalista formado pela FACHA (Faculdades Integradas Hélio Alonso) e pedagogo pela UERJ. Atualmente escreve para o Portal Notícia Preta e atua no segmento de assessoria de imprensa em parceria com a agência Angel Comunicação. Possui passagens por diferentes veículos como repórter, produtor e apurador, dentre eles TVs Record, SBT e Rede Vida de Televisão, além das rádios Bicuda FM, Nativa FM, Tupi AM e FM, Revista Ziriguidum Nota 10 e no portal especializado em Carnaval SRZD, do jornalista Sidney Rezende. Instagram: @reporterwellingtonandrade

1 Comment

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.