Estudante é morto com tiros nas costas e na cabeça durante operação policial no Aglomerado da Serra, em BH

APOIE O NOTÍCIA PRETA


Ryan Pablo da Silva Martins Ribeiro, um estudante de 18 anos, foi morto a tiros por um Sargento da Polícia Miltar durante uma operação no Aglomerado da Serra, na Região Centro-Sul de Belo Horizonte. De acordo o boletim de ocorrência, o militar foi preso em flagrante.

Ainda de acordo com o B.O, Ryan foi morto numa operação “com foco na prevenção de homicídios e na repressão ao tráfico de drogas”.  O jovem  chegou a ser a ser socorrido pelos militares, mas morreu a caminho do Hospital João XXIII. 

Ryan Ribeiro tinha 18 anos. Foto: arquivo pessoal



População negra é a mais afetada

Segundo o Anuário Brasileiro de Segurança Pública 2020 (levantamento mais recente feito pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, com dados do ano de 2019), 74,4% das vítimas de homicídio no Brasil eram pessoas negras. Entre as pessoas mortas por policiais, 79,1% são pessoas negras.

O que diz a PM: 

A Polícia Militar declarou que dois policiais realizavam uma ação no Aglomerado da Serra quando cinco pessoas começaram a correr. De acordo com os agentes, foram achados drogas e rádios comunicadores com os suspeitos e houve resistência à abordagem.

Os militares disseram ainda que os jovens começaram uma briga com os policiais, quando a vítima teria tentado pegar a arma de um deles. Foi então que, segundo o boletim de ocorrência, para se defender, o militar teria disparado duas vezes. A corporação também alegou que estava em “desvantagem”, “já que eram cinco pessoas contra dois PMs e que, por isso, toda a ação foi em forma de defesa”.

APOIO-SITE-PICPAY

Thiago Augustto

Um filho negro adotado. Thiago Augustto faz questão de marcar sua existência pela raça e pela oportunidade de viver. Transformou o tabu da adoção num grande motivo de orgulho. É criador de conteúdo e palestrante. Se formou em jornalismo em 2014, desde então, trabalha na TV Globo Recife, atuando como produtor e repórter. No Notícia Preta, é editor e coordena os colaboradores das regiões norte e nordeste. Em 2021, criou o Futuro Black - um banco de talentos e de fontes profissionais pretas.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.