Ensaio fotográfico ‘Diásporas Negras’ traz história dos orixás e protagonismo negro na arte alagoana

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Por Brunna Moraes

Pensando em desconstruir conceitos ligados à religiosidade de matriz africana e centralizando a arte em corpos negros, o ensaio fotográfico ‘Diásporas Negras’ vem, desde o primeiro dia de 2020, apresentando as histórias dos orixás e trazendo novos rostos para o protagonismo da cena artística alagoana. Todo o projeto, desde planejamento à escolha dos modelos, tem a preocupação de, através da fotografia, resgatar a ancestralidade negra. 

O ensaio é uma iniciativa da agência Negrume Models, que faz parte da Rede Cenafro de Afroempreendedorismo Criativo, e surge com a ideia de rememorar a história do povo negro brasileiro, com um olhar especial sobre o nordeste. Além do propósito educativo, a série de fotografias busca focar na autoestima da população negra, trazendo para frente da câmera corpos invisibilizados pela hegemonia de uma estética branca.

Para o diretor e produtor do ensaio ‘Diáspora Negras’, Diego Bernardes, a fotografia é um recurso importante na construção da autoestima de pessoas negras. “Desde de 2017 começamos um trabalho de produzir fotos pra publicidade da Rede Cenafro e colocar o rosto de negros e negras como uma forma de trazer visibilidade a essa negritude alagoana”, disse ele.

Ele explica ainda que a fotografia cumpre um papel estratégico no combate ao racismo estético. “É importante poder ocupar esse espaço da publicidade e fazer com que outros jovens se vejam ocupando. A fotografia tem sido uma estratégia de fazer com que esses jovens negros de baixa autoestima revertam a situação e passem a se aceitar de forma natural e bela como um registro fotográfico de qualidade.”

As peças fotográficas do ensaio estão, neste primeiro momento, sendo expostas através das redes sociais, Facebook e Instagram, da agência. Porém, já existe previsão de uma exposição fora das redes ainda este ano. A exposição do ensaio está sendo planejada para o segundo semestre de 2020 e pretende trazer fotos inéditas. 

A estética contra o racismo

As fotos do ensaio fotográfico ‘Diásporas Negras’ vêm sendo publicadas desde o primeiro dia deste ano e, no geral, estão sendo bem recepcionadas pelo público. Porém, algumas publicações foram alvo de comentários racistas. “Temos lidado naturalmente (com os comentários racistas), pois quando pensamos em fazer esse ensaio já sabíamos que podia ter muito comentários negativos. Lidamos com bastante inteligência emocional e temos respondido a altura. Como sabemos, para o sistema patriarcal eurocentrista, tudo que se relaciona a negritude será levado em conta de forma negativa e marginalizada”, relata Diego.

Os interessados em acompanhar o ensaio ‘Diásporas Negras’ podem acessar o instagram da agência Negrume, o @negrume.models.agencia. Todas as fotos são de autoria do fotógrafo Osvaldo Bahia e conta com a participação de diversos modelos negros alagoanos, veteranos e recém descobertos. 

APOIO-SITE-PICPAY

1 Comment

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.