Depois da paralisação dos rodoviários, metrô de BH também pode entrar em greve

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Os metroviários de Belo Horizonte anunciaram, nesta terça-feira (23), que será realizada uma assembleia na próxima quinta-feira (25) para definir se a categoria entra em estado de greve. O Sindicato dos Empregados em Transportes Metroviários e Conexos de Minas Gerais (Sindimetro-MG) convocou uma reunião, mas já avisou que, no dia da assembleia, não haverá paralisação do metrô.

Categoria vai ser reunir na próxima quinta-feira (25) – Foto: Divulgação/CBTU

“Vamos propor o estado de greve e a assembleia em caráter permanente, pois estamos encontrando dificuldade em conseguir envolver o sindicato na discussão de como ficarão os trabalhadores em relação aos processos de cisão e privatização do metrô de BH”, afirma o presidente da entidade, Romeu José Machado Neto, ao jornal O Tempo. 

Ainda segundo Neto, a categoria foi deixada de fora da mesa de negociações sobre a privatização do Metrô de BH. “Temos audiência marcada para o dia 15 de dezembro no Ministério Público de Minas Gerais (MPMG). Se até lá não tivermos uma resposta, aí sim uma nova assembleia será convocada e a categoria pode paralisar”, comenta. 

Greve de ônibus

Sem acordo entre a categoria e as empresas de ônibus, a capital Mineira segue no segundo dia de paralisação dos ônibus. A população denuncia que a determinação do Ministério Público do Trabalho (MPT), de manter pelo menos 60% da frota, não está sendo cumprida. 

Leia também: Greve no transporte público em BH gera filas e atrasos para trabalhadores

Os profissionais cruzaram os braços, como divulgado nas últimas semanas e, entre as reivindicações, a categoria pede reajuste salarial, que, segundo eles, não é concedido desde 2018.

A Central Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) informou que existe essa assembleia na próxima quinta-feira, mas que é de praxe e não tem nenhuma movimentação dos servidores para uma possível paralisação. 

APOIO-SITE-PICPAY

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.