Comissão de Direitos Humanos do Senado discute hoje impactos da pandemia sobre a população negra

APOIE O NOTÍCIA PRETA

A Comissão de Direitos Humanos (CDH) do Senado federal vai se reunir nesta segunda-feira (12), às 9h, para discutir os impactos causados pela Covid-19 sobre a população negra brasileira. O debate acontece de modo remoto e pretende proporcionar a interação dos cidadãos.

Solicitado pelo presidente do colegiado, senador Humberto Costa (PT-PE), o debate terá presença do coordenador-geral do Movimento Negro Unificado (MNU), Silas Félix, e representantes da Coordenação Nacional de Articulação das Comunidades Negras Rurais Quilombolas (CONAQ), além do Coletivo Nacional de Juventude Negra e do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socieconômicos da Bahia (DIEESE).

O tema da audiência será “Nem bala, nem fome, nem Covid: população negra em defesa do bem viver. Impactos da pandemia do novo Coronavírus na população negra do Brasil, bem como, a ausência de políticas públicas para o enfrentamento desta pandemia”.

Segundo Humberto, em entrevista para a Agência Senado, “as populações mais pobres e mais vulneráveis são as que mais sofreram”, reforçando a desigualdade no Brasil, deixando evidente a necessidade de discutir o pós-pandemia, levando em consideração estes recortes para que se possa tomar medidas efetivas de enfrentamento.

Como participar:

A audiência terá caráter interativo, sendo assim qualquer cidadão pode fazer perguntas e comentários através do Portal e-Cidadania, as mensagens poderão ser lidas e respondidas pelos senadores e debatedores no dia do debate, ao vivo. Com esta interação, o senado pode oferecer uma declaração de participação, na qual pode ser usada como horas complementares em curso universitário.

APOIO-SITE-PICPAY

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.