Brasil perde uma de suas maiores atrizes, Chica Xavier morre aos 88 anos

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Uma das maiores atrizes do Brasil, Chica Xavier, a Chica Xavier, faleceu neste sábado (08/08), aos 88 anos, em decorrência de câncer. A atriz estava internada no Hospital Vitória, na Barra. Além de uma grande atriz, Chica era, e sempre será, uma das maiores representantes da arte e da cultura negra no Brasil.

“Minha vó sempre colocou amor em tudo. Ela fez grandes personagens, nunca viveu uma vilã. Essa data 08/08 traz o significado de infinito, e minha vó é o próprio infinito”, disse a atriz, e neta de Chica, Luana Xavier.

Natural de  Salvador, onde nasceu em 1932, Chica mudou-se para o Rio em 1953, onde estudou teatro com Pascoal Carlos Magno. Em 1956, a atriz estreava no Teatro Municipal, na histórica montagem “Orfeu da Conceição”, com texto de Vinicius de Moraes. A atriz ffazia o papel da Dama Negra, que simbolizava a Morte, e atuava ao lado de Haroldo Costa, Léa Garcia, Cyro Monteiro, Dirce Paiva e Clementino Kelé, com quem é casada desde então.

Ao todo, a atriz participou de 26 novelas na TV Globo, além de 11 minisséries e 10 programas especiais, como Caso Verdade, Caso Especial e Teletema.

Ela também participou de produções no Canal Futura e nas TVs Bandeirantes, Manchete e Educativa.

Chica ainda esteve presente em 11 filmes, entre eles um clássico do Cinema Brasileiro – “O assalto ao trem pagador”, de 1962, dirigido por Roberto Farias.

*matéria em construção*

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Thais Bernardes

Formada em jornalismo pelo Institut français de Presse-Université Panthéon-Assas, em Paris e pelo Institut Pratique de Journalisme (IPJ), também na França, Thais Bernardes é jornalista, fundadora e CEO do portal Notícia Preta e podcaster do Canal Futura. Antes de concluir seus estudos na Europa, Thais cursou Relações Públicas na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), onde ingressou através do sistema de cotas. Após atuar como produtora no canal de TV France 2, em Paris, foi repórter no Jornal Extra, na rádio BandNewsFM e coordenadora de Comunicação da Secretaria de Estado de Direitos Humanos do Rio. Em novembro de 2018 a jornalista decidiu criar o portal Notícia Preta como forma de combater, através do jornalismo, o racismo e as desigualdades sociais.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.