Atalanta é multado por insultos racistas contra jogador brasileiro

APOIE O NOTÍCIA PRETA

O clube italiano Atalanta foi multado em 10.000 euros (cerca de R$ 45.000) devido aos gritos racistas que alguns de seus torcedores entoaram contra o lateral-esquerdo brasileiro e que joga na Fiorentina Dalbert. O caso aconteceu durante uma partida da Série A, disputada no dia 22 de setembro deste ano. A pena foi anunciada nesta terça-feira (9) pela Liga de Futebol da Itália.

No momento do fato, Dalbert avisou o o árbitro Daniele Orsato, que interrompeu o jogo e pediu a que o sistema de som do estádio divulgasse uma mensagem para que as agressões parassem. A mensagem foi amplamente vaiada pelo público presente em Bérgamo mas poucos minutos depois a partida foi retomada e acabou com a vitória da Fiorentina por 1 a 0.

O presidente da Fifa, Gianni Infantino, presente em Milão para a cerimônia dos prêmios The Best, foi questionado sobre este e outros episódios recentes de preconceito. O dirigente afirmou que “a situação do racismo não melhorou na Itália” e pediu “penas claras, como na Inglaterra”.

O atacante belga da Inter, Romelu Lukaku, também foi vítima de ataques racistas nesta temporada do Campeonato Italiano. Na ocasião, o atacante de origem senegalesa, Demba Ba, ex-Chelsea e que atualmente joga pelo Basekhir , foi incisivo em suas críticas e disse que todos os jogadores negros da Serie A deveriam deixar a competição.

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.