“A verdade tá vindo”, diz Nego do Borel após divulgação de laudo onde polícia diz não encontrar provas contra o cantor

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Após analisar todas as contas bancárias e imposto de renda de Nego do Borel como pessoa física e jurídica, além de 3 aparelhos celulares, um iPhone 11 Pro, um 8 plus e um Xr, 1 video game Play Station 4 da Sony, e computadores, a polícia concluiu que as acusações, feitas pela ex-namorada do cantor, a influenciadora Duda Reis, não foram constatadas pela perícia.

O cantor Nego do Borel entrou com processo de queixa-crime contra a ex-noiva Duda Reis por calúnia, injúria e difamação. Em janeiro deste ano, a influenciadora digital o acusou de agressão, ameaças com vídeos íntimos, além de dizer que o cantor guardava dinheiro ilícito em casa e um fuzil. 

Leia também: Nego do Borel diz que ainda sofre racismo: “não falo isso para ganhar curtidas”

O laudo em relação ao dinheiro apreendido na casa de Nego é assinado pelo perito criminal contador Marco Aurélio Caprino e diz que o dinheiro é lícito: “Diante das informações acima, a perícia criminal entende que há evidências de que o valor de R$ 424.920,00 (quatrocentos e vinte e quatro mil, novecentos e vinte reais) em espécie (dinheiro) apreendido e, depositado em conta judicial no Banco do Brasil, teria origem lícita”.

Nesta sexta-feira (13), após a divulgação do laudo da Polícia Civil de São Paulo, o funkeiro se manifestou em sua conta no Instagram: “O tempo é o senhor da razão”. Na legenda da imagem, completou: “A verdade tá vindo”.

APOIO-SITE-PICPAY

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.