“Você não merece ficar aqui, sua Preta!”, diz advogado para Babá em Cuiabá

APOIE O NOTÍCIA PRETA

O crime aconteceu em um condomínio de luxo na capital mato grossense  

Não é a primeira vez que o advogado humilha a babá no condomínio – Foto: Joca Duarte

Uma mulher de 32 anos registrou um boletim de ocorrência na última quinta-feira (23) contra um advogado após ser vítima de injúria racial em um condomínio em Cuiabá (MT). Segundo a ocorrência, a babá passeava com o cão, da raça Jack Russell Terrier, que tem cerca de 15 centímetros de altura, e os filhos do patrão quando foi abordada pelo agressor, sem ter dado qualquer motivo. O cão preso à coleira, como é norma do condomínio e o agressor aproximou gritando e insinuando que o cachorro poderia atacá-lo. 

Ainda de acordo com o boletim, primeiramente o advogado disse que o cachorro deveria usar focinheira. Logo após, disse para a babá, mandando-a ir embora. “Você não merece ficar aqui, sua vagabunda! Sua preta!”, gritou.

Reação

A babá ficou assustada e revoltada com a situação, pegou as crianças, que ficaram apavoradas, e voltou para a casa. No entanto, o advogado continuou seguido a mulher e tentando intimidá-la. Os gritos do homem chamou a atenção dos demais moradores, que saíram de suas casas para ver o que estava acontecendo, inclusive oferecendo apoio à babá. 

Chegando ao local de trabalho, relatou o ocorrido ao patrão que foi conversar com o vizinho, mas estava alterado. Então, o patrão e a babá foram à delegacia registrar o boletim de ocorrência. 

De acordo com o boletim, não foi a primeira vez que o advogado a humilhou e na presença de testemunhas. O caso será investigado pela Polícia Judiciária Civil de Cuiabá. Até o fechamento desta matéria, o advogado não havia se posicionado sobre o caso

APOIO-SITE-PICPAY

Igor Rocha

Igor Rocha é jornalista, nascido e criado no Cantinho do Céu, com ampla experiência em assessoria de comunicação e escritor nas horas vagas. Editor e coordenador regional do Notícia Preta

2 Comments

  • Leila Santos

    (25/07/2020 - 18:32)

    Deviam divulgar o nome deste racista, já que ele é tão corajoso para agredir a moça repetidamente em público, merece ficar famoso.

    • Infelizmente, Leila, não podemos divulgar. Existe uma legislação que nos proíbe de publicar o nome do suspeito.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.