Ícone do site Notícia Preta

Um ano após ser acusado de discriminação, banco norte-americano investirá US$ 30 bi contra desigualdade racial

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Visando “avançar na igualdade racial” nos Estados Unidos, o banco norte-americano JPMorgan Chase anunciou que investirá US$ 30 bilhões para empréstimos e outros investimentos para as comunidades negras a latinas nos próximos cinco anos, segundo o jornal New York Times.

A iniciativa do banco acontece um ano após a instituição financeira se envolver num escândalo e ser acusada de práticas discriminatórias. 

Nós podemos fazer mais e melhor para quebrar os sistemas que propagaram o racismo e a desigualdade econômica”, afirmou o diretor executivo da instituição, Jamie Dimon, em comunicado.

O banco vai destinar US$ 14 bilhões para o financiamento de cem mil unidades habitacionais, além de US$ 8 bilhões para hipotecas de famílias negras e latinas. O objetivo oferecer maior acessibilidade a moradias.

Para as empresas comandadas por pessoas negras, o JPMorgan Chase destinará US$ 2 bilhões, além de investir US$ 750 milhões para compras de fornecedores negros e latinos para o banco.

Para facilitar o acesso ao crédito, o banco norte-americano pretende inaugurar novas unidades em comunidades mais vulneráveis economicamente, com a contratação de 150 gerentes comunitários. E US$ 50 milhões serão investidos em bancos e financeiras que atendam a essas comunidades.

A iniciativa também prevê ações internas, com foco na diversidade da força de trabalho.

Sair da versão mobile