Olhos que Condenam: nova série da Netflix fala sobre racismo institucional

APOIE O NOTÍCIA PRETA

”A história que você conhece é a mentira que eles contaram” Essa é a mensagem contida no primeiro trailer de ”When They See Us”, no Brasil intitulado como ”Olhos que Condenam”. Com criação, roteiro e direção de Ava DuVernay , a série vai narrar o caso notório de racismo com cinco adolescentes negros, rotulado como os ”Central Park Five”, que foram condenados por um estupro que não cometeram. Eles só foram liberados da prisão 13 anos depois, graças à evidências de DNA. A obra será lançada dia 31 de maio.

O Trailler oficial mostra como os jovens injustiçados — interpretados por Jovan Adepo, Freddy Miyares, Justin Cunningham, Ethan Herisse e Jharrel Jerome — foram presos apenas por sua cor de pele. As imagens ainda retratam o desespero de suas famílias lutando por liberdade, enquanto a polícia e os promotores de Nova York seguem sustentando tal caso. Começando em 1989, quando os eles foram questionados sobre o incidente, a série discorre por 25 anos, destacando a exoneração em 2002 e o acordo firmado com a cidade de Nova York no ano de 2014.

APOIO-SITE-PICPAY

Thiago Augustto

Um filho negro adotado. Thiago Augustto faz questão de marcar sua existência pela raça e pela oportunidade de viver. Transformou o tabu da adoção num grande motivo de orgulho. É criador de conteúdo e palestrante. Se formou em jornalismo em 2014, desde então, trabalha na TV Globo Recife, atuando como produtor e repórter. No Notícia Preta, é editor e coordena os colaboradores das regiões norte e nordeste. Em 2021, criou o Futuro Black - um banco de talentos e de fontes profissionais pretas.

1 Comment

  • A culpa do racismo no Brasil é nossa, dos negros classe média e dos pobres, dos negros que estudaram e dos negros que não estudaram, pq os que são da classe média para serem aceitos não militam, eu sei pq sou negro moro num bairro da zona sul do RJ e vejo, pq o racismo não atinge os príncipes negros ( médicos, advogados, arquitetos) não se consideram negro talvez moreno ou outra nomenclatura qualquer, e o pobre troca seu voto por qualquer coisa que se ofereça na comunidade, não me oponho que o negro queira lavar escadas, estátuas de lideres negros ou outra coisa qualquer, mas, nós pretos temos que eleger negros comprometidos com a causa negra, leis para beneficiar os negros, e não palhaços com sobrenomes de negão, holiday, etc…, se continuar assim não reclamem de racistas que invadem favelas com helicópteros com snipers matando os negros e pobres, pq do alto não se sabe se aquela carne preta e pobre é trabalhadora ou bandida, não adianta reclamar, quer mudar? Vamos melhorar o voto?

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.