Ícone do site Notícia Preta

Morre o artista Paulo Pompeia, ex-apresentador do Telecurso 2000

APOIE O NOTÍCIA PRETA

O ator e diretor Paulo Pompeia morreu na última quarta-feira (30), aos 72 anos. A causa e o local da morte ainda não foram divulgados. Paulo fez diversas peças de teatro, passou pelas TVs Globo, Manchete, Record e Cultura. Nos anos 2000, apresentou o projeto educacional Telecurso 2000. Além disso, participou de algumas novelas na Globo, como Malhação, Perigosas Peruas e O Mapa da Mina.

Antes mesmo de brilhar na TV, Paulo ganhou fama ao estampar as caixas de ”cigarrinho de chocolate” da Pan, em 1959. O produto foi comercializado por décadas com o rosto de Pompeia na embalagem.

Paulo Pomeia durante atuação no Programa Malhação foto: Reprodução/TV Globo

Homenagens: 

A notícia da morte foi dada pelo Sindicato dos Artistas e Técnicos de Espetáculos e Diversões do Estado de São Paulo (Sated), entidade da qual Pompeia já foi diretor.

“Mais uma notícia muito triste, o nosso amigo, ex diretor do Sated-SP, ator, diretor Paulo Pompeia faleceu no dia de hoje. Agradecemos a toda a sua contribuição as artes. A ele nosso carinho, respeito e admiração”, afirmou na quarta-feira a instituição.

Quem também prestou uma homenagem ao Pompeia foi a empresa Chocolate Pan.

“Triste notícia… O @satedspoficial informou que na quarta-feira (30/06/2021) faleceu o ator Paulo Pompeia. Os mais sinceros sentimentos, condolências aos familiares e eterna gratidão ao nosso eterno menino!”, disse a marca pelo Instagram.

Sair da versão mobile