Ícone do site Notícia Preta

Minicurso debate racismo na Federal de Mato Grosso

APOIE O NOTÍCIA PRETA

Foi realizado, na última segunda feira (26), um minicurso para discutir o racismo institucional na educação básica. O evento, realizado pelo Coletivo Negro Universitário, na Universidade Federal de Mato Grosso, faz parte das formações mensais organizadas pelo coletivo. 

A pesquisadora Flávia Gilene Ribeiro durante a formação – Foto: Divulgação/Redes Sociais

A pesquisadora do Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Relações Raciais e Educação (Nepre) da UFMT, Flávia Gilene Ribeiro coordenou os trabalhos no encontro que abrange os contornos do racismo institucional em ambientes escolares. Segundo ela, o intuito é discutir o racismo institucional, que ainda é pouco conhecido e adequá-lo conforme a realidade brasileira. 

“O convite foi aberto ao público em geral e tivemos a presença de professores das redes municipal e estadual de Cuiabá e Várzea Grande; alguns professores da própria Federal e da Universidade de Cuiabá (UNIC), além de acadêmicos de vários cursos de letras, pedagogia, alguns do mestrado, um psicólogo do município de Alto Taquari e um trabalhador da construção civil”, informou. 

Flávia ainda ressaltou a relevância da formação para a comunidade negra, professores e alunos das redes públicas de ensino. “Ao compreender as nuances do racismo, pode-se começar a entender onde estamos dentro da sociedade brasileira, compreender porque não temos profissionais negros em cargos considerados ‘importantes’, como professores negros na pós graduação de direito da UFMT”, finalizou. 

Ao todo mais de 100 pessoas foram certificadas ao final da formação. 

Sair da versão mobile