Este ano, Festival de Cinema Africano será realizado on line

APOIE O NOTÍCIA PRETA
A Mostra de Cinema Africano ficará disponível até dia 25 de julho – Foto: Divulgação

Acostumado a ter salas lotadas em todas as edições, esse ano a Mostra de Cinema Africano teve que se reinventar. Enquanto a pandemia não passa, os organizadores  tiveram a ideia de ativar o Cine África em Casa, projeto pensado em 2019, dentro do Circuito Saladearte, em Salvador.

Com o objetivo de apresentar a produção audiovisual realizada no continente africano, o Cine África em Casa tem em sua programação 9 filmes de 7 países diferentes, divididos em longa e curta-metragem.

A sessão de abertura foi realizada no dia 16 de maio, com a discussão sobre o filme “Mossane” de Safi Faye (Senegal, 1996) e teve como convidada Evelyn Sacramento, graduada em Cinema e Audiovisual pela Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e mestranda do Programa Multidisciplinar de Pós-Graduação em Estudos Étnicos e Africanos (UFBA).

Ainda dá tempo de participar

Com a intenção de tornar o evento acessível para todos, os títulos escolhidos estão disponíveis no Youtube e Netflix. As sessões acontecem nos três últimos sábados de cada mês, às 16h, e vai até o dia 25 de julho. 

Para participar desse evento gratuito, os interessados devem fazer a inscrição através do site, onde podem escolher entre duas opções . Se inscrever para todos os encontros ou somente para os filmes que interessar.

APOIO-SITE-PICPAY

Fernanda De Souza

Graduada em jornalismo pela Centro Universitário Uni-BH, com 7 anos de experiência com Monitoramento de Notícia (Clipping Eletrônico). Atuação na elaboração de análises quantitativas e qualitativas que atende as necessidades da assessoria de comunicação.Vivência com produção e reportagem para revista, na área cultural.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.