Ícone do site Notícia Preta

Elza Soares ganha homenagem com nome de ginásio no RJ 

APOIE O NOTÍCIA PRETA

A cantora Elza Soares será homenageada pela prefeitura do Rio de Janeiro. De acordo com a coluna do jornalista Ancelmo Gois no jornal ‘O Globo’, a Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro dará o nome da artista ao primeiro Ginásio Experimental Tecnológico (GET). O projeto do governo municipal é construir escolas focadas na educação tecnológica estimulando o pensamento crítico, marca da cantora, que deixa seu legado para os estudantes. 

Foto: Agência Brasil

A artista, de 91 anos, morreu no dia 20 de Janeiro deste ano, em casa no Rio de Janeiro, de causas naturais. “É com muita tristeza e pesar que informamos o falecimento da cantora e compositora Elza Soares, aos 91 anos, às 15 horas e 45 minutos em sua casa, no Rio de Janeiro, por causas naturais”, anunciava a postagem nas redes sociais da cantora. 

Leia também: “A Voz do Milênio” se cala: morre Elza Soares, aos 91 anos

Eleita a cantora do milênio pela BBC de Londres, com mais de 50 anos de carreira e 34 discos gravados, Elza Soares cantou do samba aí funk, do jazz à música eletrônica. “Eu sempre quis fazer coisa diferente, não suporto rótulo, não sou refrigerante”, dizia ela. Como um capricho do destino, Elza morreu no mesmo dia que seu ex-marido, o jogador Mané Garrincha, 39 anos depois do seu falecimento. 

No último carnaval, em 2020, Elza foi enredo do samba Mocidade Independente de Padre Miguel. Ela desfilou no último carro e teve sua história cantada no sambódromo, onde ela foi uma das primeiras mulheres a interpretar um samba enredo. “És a ESTRELA! Seu povo esperou tanto pra revê-la! E reviu! Reviu o seu amor Independente passar na Avenida da forma mais linda possível! Você foi uma das maiores deste país. Só podemos agradecer por tudo. Consternados! Essa é a nossa despedida! Obrigado, Deusa. NÓS NÃO VAMOS SUCUMBIR NUNCA!”, postou a escola de Padre Miguel, em homenagem à cantora. 

Sair da versão mobile