Ícone do site Notícia Preta

Após críticas, governo desiste de tirar R$ 83,9 milhões do Bolsa Família do Nordeste

APOIE O NOTÍCIA PRETA


Nesta terça-feira (9), o governo federal revogou a portaria que pretendia transferir 83,9 milhões do Bolsa Família para a Secretaria de Comunicação da Presidência da República. O dinheiro do programa seria tirado dos beneficiários da região Nordeste e iria ser utilizado em campanhas publicitárias de Bolsonaro.

Bolsa Família no Nordeste

A região Nordeste concentra 939,6 mil – ou (36,8%) – das famílias em situação de extrema pobreza (com renda familiar per capita abaixo dos R$ 89 mensais) que ainda não tem acesso ao Bolsa Família. Em todo o país, são 2,39 milhões de famílias vivendo nessa situação. O valor que o governo pretendia retirar dos nordestino, de acordo com técnicos, é o suficiente para beneficiar 70 mil famílias.

O Nordeste é a região com mais famílias em situação de extrema pobreza. Foto: Divulgação/portal Brasil

Justificativa do governo

De acordo com o governo, a transferência teria sido motivada por uma “baixa execução orçamentária do programa”, justificando que os beneficiários optaram por receber o Auxílio Emergencial de R$ 600, ao invés do benefício médio do Bolsa Família, que é de R$ 188,16.  Em nota à imprensa, o governo informou que é preciso compensar a ampliação de uma despesa com a redução de outra. 

Sair da versão mobile